Autor Tópico: Histórias Escolhidas por um Psicopata  (Lida 4443 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline admin

  • Administrator
  • Leitor de Fim de Semana
  • *****
  • Mensagens: 96
    • Ver Perfil
    • http://www.saidadeemergencia.com
Histórias Escolhidas por um Psicopata
« em: Março 05, 2008, 11:27:36 am »


"Deus todo poderoso! Não,não! Eles ouviam! Eles suspeitavam! Eles Sabiam! Eles estavam a fazer troça do meu terrível medo."

Edgar Allan Poe foi um homem extremamente perturbado desde o início da sua vida. A mente de Poe era consumida por pensamentos mórbidos. Nos seus tempos negros ele sentia como se a campa o estivesse a chamar, cada vez para mais perto. Mesmo nos bons tempos, quando Poe estava nos seus momentos mais felizes de amor, ele sabia que a morte estava sempre à porta. Fosse para ele, ou para as suas amadas. A vida de Poe, desde o dia em que nasceu, podia ter sido uma das suas próprias criações.A sua frase final teria sido um apelo às hostes celestiais: "Lord help my poor soul." (Deus ajude a minha pobre alma.) Edgar Allan Poe é tido como uma das figuras literárias mais importantes do século XIX. Teve uma vida relativamente curta (1809-1849), mas as suas contribuições foram extraordinárias: criou o estilo literário do policial; foi um mestre do thriller psicológico; escreveu inúmeros contos, e foi ainda um dos maiores poetas de todos os tempos. Mais ainda, foi um dos críticos literários mais influentes na sua época.E. A. Poe, foi a maior inspiração para muitos outros escritores, desde o seu tempo até aos dias de hoje. Com uma capacidade descritiva ímpar, Poe é talvez, um dos maiores escritores de culto. Inspirando escritores, músicos, cineastas, artistas e criadores de todas as áreas, Poe será para sempre uma figura imortal e um símbolo da literatura.Ainda hoje, 150 anos após a sua morte, Poe faz parte da leitura obrigatória nos países de língua inglesa. Escritores e críticos literários de todo o mundo foram também os seus maiores fãs. Charles Baudelaire, (um dos maiores poetas e críticos do Séc. XIX) numa famosa página de diário, não hesitou confessar, com total franqueza, que, antes de adormecer dedicava a Poe as orações nocturnas. O nosso Fernando Pessoa foi também um dos seus maiores admiradores, sendo ele o maior tradutor dos poemas de Poe para a língua portuguesa, fazendo um trabalho extraordinário:

Para ler um excerto clique aqui:

Offline RuiBaptista

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 2214
    • Ver Perfil
    • Bela Lugos is Dead
Histórias Escolhidas por um Psicopata
« Responder #1 em: Junho 13, 2008, 01:07:01 am »
Afinal existe mesmo um "Histórias Escolhidas por um Psicopata"! E eu a pensar que se tinham enganado no título…  :wink: