Autor Tópico: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.  (Lida 82154 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline rui278

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4059
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #15 em: Junho 03, 2011, 08:57:20 am »
Nah, tenham paciência. Não ando a trabalhar para sustentar a boa vida de alguns criminosos.

E portanto vamos mata-los a todos para poupar uns cobres... tem paciencia, mas isso não pode nunca ser um argumento para a existencia ou não da pena de morte...

Mas, por pior que seja o crime, por mais hediondo e desnumano que a pessoa seja, que direito tem o estado de tirar a vida a alguem. Que direito tem um juiz, e o estado de dizer, olha, mataste uma pessoa e perdeste os teus direitos. Agora vamos te fazer o mesmo. Com que direito, com que moral? Digo e reeitero o unico argumento que eu tenho. Ninguem tem o direito de tirar a vida a ninguem. Seja ela quem for. Não tenho o direito de pagar na mesma moeda. Não tenho o direito de dizer que o que tu fizeste é errado, e depois fazer o mesmo.
http://curiouscharacteradventures.blogspot.com/

One Ring to rule them all, One Ring to find them,
One Ring to bring them all and in the darkness bind them

Offline JonathanStrange

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 8971
  • "The fight isn't over until you win." Robin Hobb
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #16 em: Junho 03, 2011, 09:01:31 am »
Opiniões Rui.

E a pessoa que morreu?! Perde os direitos e a vida. E a família dessa pessoa? Amigos? ... Isto é mais complicado do que parece, voltamos à velha história das ideologias: São questões morais, ninguém convence ninguém, apenas explica o seu ponto.
"Great minds have purposes, little minds have wishes."
– Washington Irving

 “The people who stay put don’t trust the people who don’t,” - Jedediah Berry


Offline filipamoreno

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3525
  • live the life you love, love the life you live
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #17 em: Junho 03, 2011, 09:03:00 am »
São conceitos relativos, claro. O Direito como ciência social sempre ficou melhor na fotografia como teoria e não como prática.

Offline filipamoreno

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3525
  • live the life you love, love the life you live
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #18 em: Junho 03, 2011, 09:04:07 am »
Claro. Rui, compreendo que estejamos em pontos opostos, mas a vida é mesmo assim. Consigo perceber e respeitar o teu ponto de vista, mas eu vejo de outra perspectiva.

Offline rui278

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4059
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #19 em: Junho 03, 2011, 09:07:06 am »
E a pessoa que morreu?! Perde os direitos e a vida. E a família dessa pessoa? Amigos? ... Isto é mais complicado do que parece, voltamos à velha história das ideologias: São questões morais, ninguém convence ninguém, apenas explica o seu ponto.

A pessoa que morreu, foi lhe tirado esse direito pelo criminoso, e como tal ele paga ficando numa cela de 2 por 3 durante 23 horas por dia para o resto da sua vida.

Então e o estado que matou uma pessoa? e a familia dele? O homem podia ser um criminoso nojento, mas a mae dele (geralmente) não tem culpa...

o teu argumento vai para os dois lados.

Mas sim, e como os dois dizerm... questões ideologicas.
http://curiouscharacteradventures.blogspot.com/

One Ring to rule them all, One Ring to find them,
One Ring to bring them all and in the darkness bind them

Offline JonathanStrange

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 8971
  • "The fight isn't over until you win." Robin Hobb
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #20 em: Junho 03, 2011, 09:12:02 am »
E o outro está num caixão para ser visitado pelos familiares, enquanto o outro ainda pode ver aqueles que ama...

O Estado é soberano e só puniria desta forma quem o merecesse e de uma forma exemplar. Nesses casos, desculpa a frontalidade: A mãe que cria um monstro, tem de perceber que o mundo o queira destruir. As mães, já dizia Freud, têm SEMPRE culpa, de uma forma ou de outra...

Claro, e podemos dançar a noite toda nisto. Não vale a pena.
"Great minds have purposes, little minds have wishes."
– Washington Irving

 “The people who stay put don’t trust the people who don’t,” - Jedediah Berry


Offline rui278

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4059
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #21 em: Junho 03, 2011, 09:28:06 am »
Não vale a pena.

Porque? eu estava a gostar da conversa... mas pronto...

vá, ultima estocada.

Pronto, a mae tem sempre culpa. tu percebes mais de psicoogia que eu, mas dai a dizeres que a mae tem de aceitar? de forma alguma defendo qualquer tipo de criminosos, mas infelizmente o amor dos pais, irmão, é algo incondicional. N podes dizer que o sofrimento de uma familia é mais importante que o da outra so porque quem morreu, morreu de forma diferente. Mas de qualquer forma, acho que nao é por ai.

Alias, é exactamente o oposto. Não se faz justiça para a familia. Não é esse o objectivo dos tribunais, da lei. O objectivo é, quem comete um crime, de forma a evitar que volta a comete-lo, é preso. E, a ver de forma objectiva, para evitar que alguem cometa um crime não percisamos de a matar. E acho que, nesta prespectiva, o estado perde toda e qualquer legitimidade que teria para matar alguem.

Mas nem é por ai. Tudo converge na mesma questão ideiologica fundamental: Uma pessoa por cometer um crime tão hediondo e desumano, merece perder o direito mais fundamental do ser humano? o direito á vida? Eu acho que não. Acho que é um direito inviolavel. Tu achas que certas pessoas perdem esse direito atravez de certas acções.

Mas isso ta,bém gera outro problema: então e que crimes é que fazem parte desse grupo? homicidio? violação? pagar a alguem para matar? E dentro desses quais? dizes que: "O Estado é soberano e só puniria desta forma quem o merecesse e de uma forma exemplar" mas como e que decides quem é que perde esse direito? quem es tu( no caso o juiz) para decidir quem vive ou morre? Quem e que te(juiz) deu esse direito? de não só decidir quais os casos que podem merecera pena de morte, e os em que isso acontece mesmo.

A minha opinião é: o direito a vida é inviolavel, mas não só isso é verdade(para mim), como não acho que ninguem tenho o direito, moral, legal ou pessoal, para tirara a vida de outrem. N sei se estou a conseguir expressar bem este segundo ponto. E que a questão não só se prende com o facto de que a vida é um direito inviolavel, mas como o facto de que , como e que podemos dar a alguem o poder de julgar se uma pessoa morre ou não? não será também isso assassinio? como e que podemos dar a alguem o poder de decidir que casos e que são merecedores da pena de morte? é uma coisa subjectivo, por quaisquer criterios que se escolha.

Acho que é um assunto que n dá muito bem para por no papel, falta um certo tom do discurso que é impossivel de imprimir num texto...
http://curiouscharacteradventures.blogspot.com/

One Ring to rule them all, One Ring to find them,
One Ring to bring them all and in the darkness bind them

Offline filipamoreno

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3525
  • live the life you love, love the life you live
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #22 em: Junho 03, 2011, 09:34:08 am »
Mas nem é por ai. Tudo converge na mesma questão ideiologica fundamental: Uma pessoa por cometer um crime tão hediondo e desumano, merece perder o direito mais fundamental do ser humano? o direito á vida? Eu acho que não. Acho que é um direito inviolavel. Tu achas que certas pessoas perdem esse direito atravez de certas acções.

Mas isso ta,bém gera outro problema: então e que crimes é que fazem parte desse grupo? homicidio? violação? pagar a alguem para matar? E dentro desses quais? dizes que: "O Estado é soberano e só puniria desta forma quem o merecesse e de uma forma exemplar" mas como e que decides quem é que perde esse direito? quem es tu( no caso o juiz) para decidir quem vive ou morre? Quem e que te(juiz) deu esse direito? de não só decidir quais os casos que podem merecera pena de morte, e os em que isso acontece mesmo.


Então, para ti qual é a justiça apropriada para uma pessoa que tira a vida a outra? Sabes que és uma pequena parte responsável pela boa vida que eles tens: livros, ginásios, etc. (caso trabalhes)
Mas também não é por aí.
Ele não "paga" por ter alienado a vida de outro ser-humano? Quem é que te garante que ele não sai da prisão, por bom comportamento e volta a fazer o mesmo?
Pretendes dar-lhe disciplina e reformulá-lo na vida em sociedade de que maneira? Como avalias que ele está realmente mudado, caso saia em liberdade?

omo não acho que ninguem tenho o direito, moral, legal ou pessoal, para tirara a vida de outrem

Então, como podes aceitar que o criminoso possa fazer isso?

é uma coisa subjectivo, por quaisquer criterios que se escolha.

Aqui concordo absolutamente. É  realmente um ponto interessante mas muito divergente e muito abrangente também, no sentido em que abarca diversas opiniões.

Offline JonathanStrange

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 8971
  • "The fight isn't over until you win." Robin Hobb
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #23 em: Junho 03, 2011, 09:41:06 am »
Rui, antes de mais, a mensagem passou na perfeição.

O grande problema, para ti, passa por Quem terá o direito de decidir se o criminoso merece a pena de morte, certo? (Caso estiver errado, vai um post po lixo ;))

Compreendo e sim, também poderás ver isso como uma forma de assassinato.

Mas vamos pegar do início:

Porque não quero cá confusões LOL estes temas às vezes...mas vá, entre nós foi sempre civilizado :)

Claro que esse tipo de amor é incondicional. Aí já nos separamos: Eu acho que o sofrimento de alguém que perde um ente querido porque deu na cabeça ao outro é maior do que aqueles que vêem o seu pagar por esse erro.

Justiça, nem sempre significa o mesmo para cada um de nós. É esse o problema que se levanta aqui. Eu considero injusto que alguém que mata várias pessoas mantenha o seu direito à vida, seja preso numa solitária se for esse o caso. Acho mesmo injusto. Ainda assim, na Europa, o único direito retirado ao cidadão é o direito à liberdade. Eu acho que há casos em que estes perdem o direito à vida. Aqui entram as opiniões.

Concordo que o direito à vida é inviolável. Julgo que quem viola esse direito de outrem, perde o seu. É isto. (Claro que não funciona assim em todos os casos. Relembro a opinião inicial: Em casos Exemplares.)

Aqui não há problema: Homicídio. Outros crimes, por hediondos que sejam, não violaram o direito à vida. Se a lei estiver na constituição, então quem me dá o direito de decidir se a pena se aplica ou não são os anos de estudo e experiência na função. Não será certamente um novato a julgar um caso destes. Atenção, a legislação sobre a pena de morte é bastante apertada, pelo menos nos EUA. Ninguém mata por dá cá aquela palha, como se diz na minha terra. Ainda assim, queres um exemplo? Fácil: Um bacano entra numa escola primária e atira a matar em crianças. MORTO. Simples. Perdeu todo e qualquer direito à vida. É uma aberração. São estes os casos que defendo: Os Extremos.

Compreendi, como te disse. Simplesmente acho que não se deve ter medo de tomar decisões ou escolher as pessoas certas para isso.

E também concordo. Se houver FF este ano, aparece e discutimos isto a tarde toda ;)
"Great minds have purposes, little minds have wishes."
– Washington Irving

 “The people who stay put don’t trust the people who don’t,” - Jedediah Berry


Offline rui278

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4059
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #24 em: Junho 03, 2011, 09:48:29 am »
Mas nem é por ai. Tudo converge na mesma questão ideiologica fundamental: Uma pessoa por cometer um crime tão hediondo e desumano, merece perder o direito mais fundamental do ser humano? o direito á vida? Eu acho que não. Acho que é um direito inviolavel. Tu achas que certas pessoas perdem esse direito atravez de certas acções.

Mas isso ta,bém gera outro problema: então e que crimes é que fazem parte desse grupo? homicidio? violação? pagar a alguem para matar? E dentro desses quais? dizes que: "O Estado é soberano e só puniria desta forma quem o merecesse e de uma forma exemplar" mas como e que decides quem é que perde esse direito? quem es tu( no caso o juiz) para decidir quem vive ou morre? Quem e que te(juiz) deu esse direito? de não só decidir quais os casos que podem merecera pena de morte, e os em que isso acontece mesmo.


Então, para ti qual é a justiça apropriada para uma pessoa que tira a vida a outra? Sabes que és uma pequena parte responsável pela boa vida que eles tens: livros, ginásios, etc. (caso trabalhes)
Mas também não é por aí.
Ele não "paga" por ter alienado a vida de outro ser-humano? Quem é que te garante que ele não sai da prisão, por bom comportamento e volta a fazer o mesmo?
Pretendes dar-lhe disciplina e reformulá-lo na vida em sociedade de que maneira? Como avalias que ele está realmente mudado, caso saia em liberdade?

omo não acho que ninguem tenho o direito, moral, legal ou pessoal, para tirara a vida de outrem

Então, como podes aceitar que o criminoso possa fazer isso?

é uma coisa subjectivo, por quaisquer criterios que se escolha.

Aqui concordo absolutamente. É  realmente um ponto interessante mas muito divergente e muito abrangente também, no sentido em que abarca diversas opiniões.

Paga. Tal como voces pedem morte, eu peço prisão sem opção de sair. nunca. Não trabalho(primeiro ano da faculdade(IST)), mas qdo trabalhar sei que vou estar a descontar para isso e, ainda que ache que não deviam haver tantas comodidades nas prisões como aparentemente têm(falas de ginasio, livros e boa vida), não vou estar a mandar matar um humano só para poupar dinheiro.

Citar
omo não acho que ninguem tenho o direito, moral, legal ou pessoal, para tirara a vida de outrem

Então, como podes aceitar que o criminoso possa fazer isso?

n aceito. Um criminoso comete um crime, vai (ou devia) para a prisão o resto da vida.

Mas tens noção que:
 1- se matar é um crime, então porque é que quando é o estado a fazer, já não é?
 2- dois males não fazem um bem. Ele mata, eu mato, everybody happy? acho que não é assim que funciona...

Se é um crime o criminoso matar, porque é que já é correcto seres tu a matar? so porque achas que tens um motivo? secalhar o criminoso também tinha (atenção, não estou apoiar os criminosos, só estou a dizer que condenar alguem há morte é o mesmo que assassinar alguem, sendo a unica diferença o facto de tu não seres presa aseguir). Como é que podes condenar alguem a morte, por ela ter matado alguem? não vez que perdes toda a razão e moral que tinhas? Mas tu agora dizes, há mas devido ao crime que ele cometeu ele merece e perdeu o direito que tinha a viver. E eu respondo: quem es tu para decidir quem vive ou morre? quem es tu para decidir quem merece morrer?

entendes o meu ponto de vista? por mais que aches que alguem merece morrer, quem e que te deu a autoridade para o fazer? deus? o estado? o tribunal?  e como e que podes defender que um asssassino deve ser castigado, matando-o a ele? não será também isso assassinio?
http://curiouscharacteradventures.blogspot.com/

One Ring to rule them all, One Ring to find them,
One Ring to bring them all and in the darkness bind them

Offline filipamoreno

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3525
  • live the life you love, love the life you live
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #25 em: Junho 03, 2011, 10:03:24 am »
Paga. Tal como voces pedem morte, eu peço prisão sem opção de sair. nunca. Não trabalho(primeiro ano da faculdade(IST)), mas qdo trabalhar sei que vou estar a descontar para isso e, ainda que ache que não deviam haver tantas comodidades nas prisões como aparentemente têm(falas de ginasio, livros e boa vida), não vou estar a mandar matar um humano só para poupar dinheiro.

Atenção, estás aqui a acusar-me de uma coisa que nunca afirmei. E isso é, eu não diminui a questão para " poupar uns trocos". Como tal, estás convencido que eu sou insensível e que não quero descontar, ou coisa que o valha. Estás enganado.
Concordo que se deva descontar e defendo instalações prisionais bem estruturadas. A questão, como eu a vejo, e atenção a esse pormenor importante é:

O facto é tu, membro da sociedade aparentemente estás a trabalhar para criar uma boa vida para ti e para os teus. No entanto, pagas impostos e descontas para a segurança social para teres casos em que criminosos perigosos e elementos - nalguns casos extremos - malignos para a sociedade, não estão a trabalhar e têm se calhar mais conforto do que aquele que tens para ti, que andaste 15 anos a trabalhar que nem um mouro.
Repara, não estou a dizer que todas as prisões têm condições perfeitas, mas não concordo que eles tenham certas coisas quando não o fizeram nada para o merecer. Até muito pelo contrário.
E a questão de dizeres que pedes que ele fique preso sem opção de sair, também pode ser vista por esse prisma? Diz-me lá o que é que ele fez para tu lhe andares a pagar roupas limpas, comidinha 2/3 vezes por dia no estômago?

Oh Rui, sinceramente a questão não se prende quanto dinheiro é que eu poupo. Nesse sentido até me estás a ofender, tentando fazer parecer que como eu concordo com a pena de morte em alguns casos, sou capitalista ou algo pior.




 2- dois males não fazem um bem. Ele mata, eu mato, everybody happy? acho que não é assim que funciona...

entendes o meu ponto de vista? por mais que aches que alguem merece morrer, quem e que te deu a autoridade para o fazer? deus? o estado? o tribunal?  e como e que podes defender que um asssassino deve ser castigado, matando-o a ele? não será também isso assassinio?

2 males não fazem um bem, correcto. E um mal deve ser passado por cima?

Entendo o teu ponto de vista, como já te disse. Como o JS disse, ninguém dá ordem para matar ninguém por dá cá aquela palha.
Não sou eu, uma cidadã mais que vulgar, que vai decidir quem morre ou deixa de morrer. Há critérios bem definidos e seriedade no assunto, de modo a que não se possa alegar que estamos na Alemanha Nazi, ou algo parecido.

Offline oliveira8

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 5652
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #26 em: Junho 03, 2011, 10:04:23 am »
A pena de morte custa mais do que manter fechado um individuo numa prisão para o resto da sua vida. Logo pena de morte é uma forma draconica de punição. No fim, não se anda a volta de direitos, filosofias ou psicologia, mas sim Dinheiro, e este geralmente fala mais altos que os outros.

Offline JonathanStrange

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 8971
  • "The fight isn't over until you win." Robin Hobb
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #27 em: Junho 03, 2011, 10:09:05 am »
Até anda por aí um partido que há uns anos queria colocar piscinas e tv por cabo nas prisões... Ah, pois BE... (Vá, isto é para desabafar, não é?!)
"Great minds have purposes, little minds have wishes."
– Washington Irving

 “The people who stay put don’t trust the people who don’t,” - Jedediah Berry


Offline filipamoreno

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3525
  • live the life you love, love the life you live
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #28 em: Junho 03, 2011, 10:09:58 am »
Até anda por aí um partido que há uns anos queria colocar piscinas e tv por cabo nas prisões... Ah, pois BE... (Vá, isto é para desabafar, não é?!)

 ;D Exacto, manda tudo cá para fora.

Offline oliveira8

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 5652
    • Ver Perfil
Re: Filosofia, religião, politica, ideologias, opiniões e estilos de vida.
« Responder #29 em: Junho 03, 2011, 10:12:40 am »
Até anda por aí um partido que há uns anos queria colocar piscinas e tv por cabo nas prisões... Ah, pois BE... (Vá, isto é para desabafar, não é?!)

Faz lembrar o filme do Chaplin Modern Times, onde ele prefere estar preso pois assim tem tecto sobre a cabeça, cama e comida todos os dias, do que estar fora sem trabalho e a viver na rua e passar fome.

Mas depois Chaplin encontra o seu amor e os dois vão andar de patins para um centro comercial. É um filme lindo.