Autor Tópico: Saída de Emergência no Brasil em 2013  (Lida 22342 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Magnus

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4278
  • O Senhor Luvas
    • Ver Perfil
    • O Senhor Luvas
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #105 em: Setembro 25, 2013, 23:07:15 pm »
Quando não sei, não tenho medo de perguntar, mesmo sabendo que muitas pessoas me vão achar "ignorante", mas ignorante é aquele que não sabe e nem se preocupa em saber e eu quero saber  ;)
O Senhor Luvas
mais que um blog de literatura

Offline Sonho Verde

  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1163
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #106 em: Setembro 25, 2013, 23:18:17 pm »
Quando não sei, não tenho medo de perguntar, mesmo sabendo que muitas pessoas me vão achar "ignorante", mas ignorante é aquele que não sabe e nem se preocupa em saber e eu quero saber  ;)

São só esses que eu considero os verdadeiros ignorantes. Aqueles que não querem saber mais, que muitas vezes parecem até sentir prazer ou orgulho na sua ignorancia. Não saber coisas é normal. Ninguém sabe tudo ou sequer a maior parte do que há para saber.

Offline Ammar Ibn Khairin

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 1765
  • O descendente do Corvo Negro
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #107 em: Setembro 27, 2013, 16:25:44 pm »
Ora qui temos um artigo bem interessante e não sendo off. topic

Gostei em especial o que é dito mesmo no final, logo se tudo correr bem Malazan será cá publicado :D

http://revistabang.com/2013/09/27/sobre-os-direitos-de-publicacao-de-autoresas/

Offline spyke

  • Aprendiz
  • *
  • Mensagens: 30
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #108 em: Setembro 30, 2013, 15:33:34 pm »
Gostei em especial o que é dito mesmo no final, logo se tudo correr bem Malazan será cá publicado :D

E quem é que está disposto a pagar por 20 livros? e isto é com sorte, pode ser que a sde divida um ou outro em 3. Preferia que Steven Erikson fosse publicado na colecção da concorrência 1001 mundos ou algo do género.

Offline Ammar Ibn Khairin

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 1765
  • O descendente do Corvo Negro
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #109 em: Setembro 30, 2013, 20:41:57 pm »
Gostei em especial o que é dito mesmo no final, logo se tudo correr bem Malazan será cá publicado :D

E quem é que está disposto a pagar por 20 livros? e isto é com sorte, pode ser que a sde divida um ou outro em 3. Preferia que Steven Erikson fosse publicado na colecção da concorrência 1001 mundos ou algo do género.

Ainda é cedo para falar, pois não se sabe as intenções da Editora se vai ou não rever essa matéria de dividir os livros. Confesso que estou curioso e o que realmente eu gostava era ver mais livros do Scott Lynch, Robin Hobb, Guy Gavriel Kay (parece que os deuses foram ouvidos) Jacqueline Carey, a trilogia de Duna terminada, etc, etc.

Como já aqui foi dito temos que ser pacientes, a seu tempo teremos respostas  ::)

Offline Victan

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 185
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #110 em: Setembro 30, 2013, 22:45:03 pm »
Gostei em especial o que é dito mesmo no final, logo se tudo correr bem Malazan será cá publicado :D

E quem é que está disposto a pagar por 20 livros? e isto é com sorte, pode ser que a sde divida um ou outro em 3. Preferia que Steven Erikson fosse publicado na colecção da concorrência 1001 mundos ou algo do género.

Ainda é cedo para falar, pois não se sabe as intenções da Editora se vai ou não rever essa matéria de dividir os livros. Confesso que estou curioso e o que realmente eu gostava era ver mais livros do Scott Lynch, Robin Hobb, Guy Gavriel Kay (parece que os deuses foram ouvidos) Jacqueline Carey, a trilogia de Duna terminada, etc, etc.

Como já aqui foi dito temos que ser pacientes, a seu tempo teremos respostas  ::)
Para além que me parece que a única forma de publicarem uma serie com 20 livros é se fizerem uma série televisiva da mesma... se não...muito provavelmente fica a meio...ou 1/4... 1/14 ou... whatever

Offline Sonho Verde

  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1163
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #111 em: Setembro 30, 2013, 22:49:26 pm »
Gostei em especial o que é dito mesmo no final, logo se tudo correr bem Malazan será cá publicado :D

E quem é que está disposto a pagar por 20 livros? e isto é com sorte, pode ser que a sde divida um ou outro em 3. Preferia que Steven Erikson fosse publicado na colecção da concorrência 1001 mundos ou algo do género.

Em resposta á tua pergunta...eu estou. E serão 19, não 20, pois o primeiro tem 500 e tal páginas, logo não deve necessitar de ser dividido. Mas tens razão. E esta é uma das razões pelas quais eu não tenho grandes esperanças de ver Malazan editado pela SdE em Portugal.

Offline Sonho Verde

  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1163
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #112 em: Setembro 30, 2013, 22:58:43 pm »
Gostei em especial o que é dito mesmo no final, logo se tudo correr bem Malazan será cá publicado :D

E quem é que está disposto a pagar por 20 livros? e isto é com sorte, pode ser que a sde divida um ou outro em 3. Preferia que Steven Erikson fosse publicado na colecção da concorrência 1001 mundos ou algo do género.

Ainda é cedo para falar, pois não se sabe as intenções da Editora se vai ou não rever essa matéria de dividir os livros. Confesso que estou curioso e o que realmente eu gostava era ver mais livros do Scott Lynch, Robin Hobb, Guy Gavriel Kay (parece que os deuses foram ouvidos) Jacqueline Carey, a trilogia de Duna terminada, etc, etc.

Como já aqui foi dito temos que ser pacientes, a seu tempo teremos respostas  ::)
Para além que me parece que a única forma de publicarem uma serie com 20 livros é se fizerem uma série televisiva da mesma... se não...muito provavelmente fica a meio...ou 1/4... 1/14 ou... whatever

Não é só isso. A própria estrutura da série pode ser um entrave. A série tem muitíssimas personagens, sendo que muitas têm várias identidades diferentes. Há todo um rol de história e cultura que fazem da série interessante, mas exigente. Mas falava da estrutura...A série segue um grande número de personagens diferentes e está estruturada de uma forma não cronológica. Muitos dos personagens chave da série só começam a aparecer a meio da mesma e os volumes muitas vezes intercalam a acção ( por exemplo, o terceiro livro continua a acção do primeiro livro, sendo que o segundo segue uma acção quase inteiramente desligada da do primeiro volume).

Offline Magnus

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4278
  • O Senhor Luvas
    • Ver Perfil
    • O Senhor Luvas
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #113 em: Outubro 01, 2013, 00:12:14 am »
Ora qui temos um artigo bem interessante e não sendo off. topic

Gostei em especial o que é dito mesmo no final, logo se tudo correr bem Malazan será cá publicado :D

http://revistabang.com/2013/09/27/sobre-os-direitos-de-publicacao-de-autoresas/

A minha resposta no site da revista:

Citar

Em primeiro lugar gostaria de vos felicitar não só pelo texto, mas principalmente pela iniciativa de esclarecer o público (leitores/compradores) sobre o mundo da edição.

Em segundo faço um pedido. É bom ver que finalmente começaram a perceber (espero eu) que um público (leitores e /ou compradores) informado é um público que toma decisões melhores e que  neste sentido este texto seja o primeiro de muitos que expliquem o que se passa entre o momento  em que o escritor termina o manuscrito e o leitor/comprador lhe pega na livraria.

Tem aqui uma oportunidade de ouro espero que não a percam

O Senhor Luvas
mais que um blog de literatura

Offline spyke

  • Aprendiz
  • *
  • Mensagens: 30
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #114 em: Outubro 01, 2013, 06:11:53 am »
Em resposta á tua pergunta...eu estou. E serão 19, não 20, pois o primeiro tem 500 e tal páginas, logo não deve necessitar de ser dividido. Mas tens razão. E esta é uma das razões pelas quais eu não tenho grandes esperanças de ver Malazan editado pela SdE em Portugal.

Estás a ser muito optimista, o Acácia também tem menos de 500 paginas no original e foi dividido.

Offline Sonho Verde

  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1163
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #115 em: Outubro 01, 2013, 14:12:21 pm »
Em resposta á tua pergunta...eu estou. E serão 19, não 20, pois o primeiro tem 500 e tal páginas, logo não deve necessitar de ser dividido. Mas tens razão. E esta é uma das razões pelas quais eu não tenho grandes esperanças de ver Malazan editado pela SdE em Portugal.

Estás a ser muito optimista, o Acácia também tem menos de 500 paginas no original e foi dividido.

Não tem, não. Segundo a wikipedia, o primeiro volume tem 592 páginas, pelo que a tradução da SdE teria provavelmente mais de 600 páginas ( tendo em conta a formatação da SdE).

Já o paperback de Gardens of the Moon da Tor tem, uma vez mais segundo a wikipedia, 496 páginas, pelo que, creio eu, é possível que a SdE o lançasse num único volume.

Offline Magnus

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4278
  • O Senhor Luvas
    • Ver Perfil
    • O Senhor Luvas
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #116 em: Outubro 01, 2013, 14:49:22 pm »
Em resposta á tua pergunta...eu estou. E serão 19, não 20, pois o primeiro tem 500 e tal páginas, logo não deve necessitar de ser dividido. Mas tens razão. E esta é uma das razões pelas quais eu não tenho grandes esperanças de ver Malazan editado pela SdE em Portugal.

Estás a ser muito optimista, o Acácia também tem menos de 500 paginas no original e foi dividido.

Não tem, não. Segundo a wikipedia, o primeiro volume tem 592 páginas, pelo que a tradução da SdE teria provavelmente mais de 600 páginas ( tendo em conta a formatação da SdE).

Já o paperback de Gardens of the Moon da Tor tem, uma vez mais segundo a wikipedia, 496 páginas, pelo que, creio eu, é possível que a SdE o lançasse num único volume.

Não sei qual se a SdE vai dividir ou não, mas pode editar o primeiro volume inteiro, como fez com os da Robin Hoob e ver a reacção do público. O problema é que hoje me dia as editoras e as livrarias querem resultados imediatos e isso nem (quase) nunca acontece.
O Senhor Luvas
mais que um blog de literatura

Offline spyke

  • Aprendiz
  • *
  • Mensagens: 30
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #117 em: Outubro 01, 2013, 14:53:02 pm »
Não tem, não. Segundo a wikipedia, o primeiro volume tem 592 páginas, pelo que a tradução da SdE teria provavelmente mais de 600 páginas ( tendo em conta a formatação da SdE).

Estava a referir-me ao livro 2, em Hardback 464 paginas e Paperback 480 no bookdepository.

Offline Ammar Ibn Khairin

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 1765
  • O descendente do Corvo Negro
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #118 em: Outubro 01, 2013, 17:28:25 pm »
Ora qui temos um artigo bem interessante e não sendo off. topic

Gostei em especial o que é dito mesmo no final, logo se tudo correr bem Malazan será cá publicado :D

http://revistabang.com/2013/09/27/sobre-os-direitos-de-publicacao-de-autoresas/

A minha resposta no site da revista:

Citar

Em primeiro lugar gostaria de vos felicitar não só pelo texto, mas principalmente pela iniciativa de esclarecer o público (leitores/compradores) sobre o mundo da edição.

Em segundo faço um pedido. É bom ver que finalmente começaram a perceber (espero eu) que um público (leitores e /ou compradores) informado é um público que toma decisões melhores e que  neste sentido este texto seja o primeiro de muitos que expliquem o que se passa entre o momento  em que o escritor termina o manuscrito e o leitor/comprador lhe pega na livraria.

Tem aqui uma oportunidade de ouro espero que não a percam


Palavras sábias ;)

Offline Fernando Pinheiro

  • Sou um anjo-caído ou demónio se preferirem. Também sou o "sociopata" de Almada :D
  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 2498
  • Um escritor ecléctico.
    • Ver Perfil
Re: Saída de Emergência no Brasil em 2013
« Responder #119 em: Fevereiro 05, 2015, 07:20:53 am »
Fiacha, se  bem me relembro, fizeste de tudo há uns anos para que o público deste fórum passasse a frequenter os teus grupos do FB e incentivaste muitas vezes o abandono deste fórum. Agora já mudaste de ideias e apeteceu-te voltares a dinamizar o fórum?

Adiante.

Posso informar que a editora planeia em breve anunciar os seus planos para este fórum. Os nossos novos projetos tanto no Brasil e Portugal não nos permitem mais dispersar por várias plataformas. Não temos tempo nem recursos para tal. Assim que possível, iremos explicar o que irá acontecer a este fórum que já consideramos pouco adequado às nossas atuais necessidades.

Peço um pouco mais de paciência. Obrigado.

Tive ausente durante tanto tempo, que soube disto agora. O que se passou quando estive ausente? Acalmem-se. Estamos em crise, sem guita. Mas um dia as coisas irão correr melhor.  Dêem um desconto à SdE. A parceria com o Brasil é melhor coisa que pode acontecer, porque assim à possibilidades do Fantástico Português ser reconhecido internacionalmente. 

O Facebook pode ser útil nalgumas coisas, como fazer amizades, falar com familiares, mas noutras não é. Aviso já que apostar no Facebook como meio profissional ou de discussão sobre o Fantástico não resulta. Metade dos fãs irão desaparecer. Porque ninguém vai falar sobre o Fantástico lá. Vai ser só fotos e selfies. Eu sei, porque tenho experiência com o Facebook. Algumas pessoas gostam do Facebook e usam-no. Outras não gostam e não o usam. Ora estes nunca irão dizer a sua opinião sobre a Revista Bang!   Sim temos o site da Revista Bang!, mas têm um cantinho para falar sobre a revista e não sobre o Fantástico em si. Aliás eu vou ao site da Revista Bang, para saber as novidades e talvez ir comentar sobre o nº 17 da Bang, quando esta sair. Mas nunca para falar de Fantástico.   Não dêem marretadas verbais uns nos outros. E não especulem se o Fórum Bang fecha, é mudado de design,etc. Se calhar não fecha, simplesmente é modificado, no sentido ser mais moderno, estilo chat. Mas não faço a mínima. Afinal que diabos é que se passou quando estive ausente?  Portanto apesar do Facebook ser útil e excelente para amizades e até grupos sobre fantástico. Mas usar o Facebook como plataforma profissional? Não dá. E escrever é trabalho, logo profissional. Esta é apenas a minha opinião, não me levem a mal. Não me batam.  8)
« Última modificação: Fevereiro 11, 2015, 02:49:42 am por Fernando Pinheiro »
Brevemente Diábolos, o Rapaz-Diabo.

Silent Hill 2 é o melhor videojogo de Fantástico.

Dentro de cada um de nós existe um animal prestes a ser despertado.

Salazarismo e Extrema-direita Sucks -.-'