Autor Tópico: Série Preferida  (Lida 235874 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Fernando Pinheiro

  • Sou um anjo-caído ou demónio se preferirem. Também sou o "sociopata" de Almada :D
  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 2497
  • Um escritor ecléctico.
    • Ver Perfil
Re: Série Preferida
« Responder #2190 em: Março 02, 2015, 19:52:56 pm »
Vejo varias. Adoro Outlander e Once Upon a Time, por exemplo.

A série Era uma Vez é interessante e têm ideias que eu adoro muito, mas gostava que a série se inspira-se em mais contos-de-fadas e fábulas para além das que foram adaptadas pela Disney, a maior parte dos Irmãos Grimm ou Charles Pearrault. A Branca de Neve é um conto muito gasto já. A BD Fables de Bill Willingham é superior nesse aspecto, onde fala de contos que nunca ouvi falar, o que é bastante satisfatório para mim. Sempre que falo sobre o meu descontentamento de usarem sempre os mesmos contos, falam que sempre existe O Rei Leão que é uma fábula mais recente e muito boa (e é, a melhor fábula e mais bonita de sempre). Mas O Rei Leão já foi feito ao tempo! Estamos em 2015, e depois d'O Rei Leão ou Toy Story, os contos ou fábulas, giram à volta da Branca de Neve. Com algumas excepções como Brave, Monstros e Companhia (que já não é tão novo assim) ou Batalha e O Homem-Corvo de David Soares, que são histórias originais e que gostei bastante, vejo pouca originalidade nos últimos tempos.

E assim, a Branca de Neve e imortal, e daqueles contos que vai ter sempre novas adaptaçoes, assim como o Capuchinho Vermelho, a Cinderella, etc. No entanto, a Disney tambem traz historias novas, ou pelo menos nao tao "batidas", como o Frozen...

Once Upon a Time ja abordou imensos contos/personagens, e de facto deu uma nova vida a essas historias,  dando-as uma nova roupagem. Eu adoro...


Eu também gosto dalgumas ideias da série Era Uma Vez, mas gostava que não dessem tanta atenção à Branca de Neve, e que não usassem só as versões Disney dos contos-de-fadas e fábulas mais populares e comerciais. Porque não usam o Simba? Ou então a Baba Yaga, Koschei, Woody, o Soldadinho de Chumbo, Quebra-Nozes e a Odette, o Cisne Branco. Tão pouco aproveitadas são as histórias com a premissa dum universo onde todos os contos-de-fadas e fábulas são reais. Frozen - O Reino de Gelo é uma adaptação da Rainha da Neve de Hans Christian Anderson, o mesmo autor da Pequena Sereia. Gostei do filme Frozen, em parte por causa da moral, na qual muitos e muitas caem na asneira que a principal do Frozen caiu, que é confundir simpatia/educação com bondade ou confundir amor com paixão. São conceitos diferentes. E ela inocentemente descobriu as diferenças da pior maneira. Gostei da moral, até porque "Hans"falsos (as) há muitos. O último que vi, adorei e achei mesmo original foi o Brave - Indomável.

Um conto que abordaram que nao e muito conhecido foi o do Rumplesinskin (ou la como se escreve!), eu pelo menos nao conhecia... acho que cheguei a ler quando era mais novo, mas ja nao me lembrava bem.

Lá está, Rumplesinskin, foi uma das coisas que adorei na série, precisamente por esse motivo. Eu já conhecia, mas adorei que a série o tivesse usado. Mas quero mais! Como no Fables! Seria espectacular o Simba (como leão verdadeiro, não um leão humanóide) aparecer na série. Também gostei da maneira como recriaram o Peter Pan, já que na história original, Peter Pan é um miúdo mimado e psicopata.
Brevemente Diábolos, o Rapaz-Diabo.

Silent Hill 2 é o melhor videojogo de Fantástico.

Dentro de cada um de nós existe um animal prestes a ser despertado.

Salazarismo e Extrema-direita Sucks -.-'

Offline Forbidden

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 478
    • Ver Perfil
Re: Série Preferida
« Responder #2191 em: Março 02, 2015, 20:00:51 pm »
Vejo varias. Adoro Outlander e Once Upon a Time, por exemplo.

A série Era uma Vez é interessante e têm ideias que eu adoro muito, mas gostava que a série se inspira-se em mais contos-de-fadas e fábulas para além das que foram adaptadas pela Disney, a maior parte dos Irmãos Grimm ou Charles Pearrault. A Branca de Neve é um conto muito gasto já. A BD Fables de Bill Willingham é superior nesse aspecto, onde fala de contos que nunca ouvi falar, o que é bastante satisfatório para mim. Sempre que falo sobre o meu descontentamento de usarem sempre os mesmos contos, falam que sempre existe O Rei Leão que é uma fábula mais recente e muito boa (e é, a melhor fábula e mais bonita de sempre). Mas O Rei Leão já foi feito ao tempo! Estamos em 2015, e depois d'O Rei Leão ou Toy Story, os contos ou fábulas, giram à volta da Branca de Neve. Com algumas excepções como Brave, Monstros e Companhia (que já não é tão novo assim) ou Batalha e O Homem-Corvo de David Soares, que são histórias originais e que gostei bastante, vejo pouca originalidade nos últimos tempos.

E assim, a Branca de Neve e imortal, e daqueles contos que vai ter sempre novas adaptaçoes, assim como o Capuchinho Vermelho, a Cinderella, etc. No entanto, a Disney tambem traz historias novas, ou pelo menos nao tao "batidas", como o Frozen...

Once Upon a Time ja abordou imensos contos/personagens, e de facto deu uma nova vida a essas historias,  dando-as uma nova roupagem. Eu adoro...


Eu também gosto dalgumas ideias da série Era Uma Vez, mas gostava que não dessem tanta atenção à Branca de Neve, e que não usassem só as versões Disney dos contos-de-fadas e fábulas mais populares e comerciais. Porque não usam o Simba? Ou então a Baba Yaga, Koschei, Woody, o Soldadinho de Chumbo, Quebra-Nozes e a Odette, o Cisne Branco. Tão pouco aproveitadas são as histórias com a premissa dum universo onde todos os contos-de-fadas e fábulas são reais. Frozen - O Reino de Gelo é uma adaptação da Rainha da Neve de Hans Christian Anderson, o mesmo autor da Pequena Sereia. Gostei do filme Frozen, em parte por causa da moral, na qual muitos e muitas caem na asneira que a principal do Frozen caiu, que é confundir simpatia/educação com bondade ou confundir amor com paixão. São conceitos diferentes. E ela inocentemente descobriu as diferenças da pior maneira. Gostei da moral, até porque "Hans"falsos (as) há muitos. O último que vi, adorei e achei mesmo original foi o Brave - Indomável.

Um conto que abordaram que nao e muito conhecido foi o do Rumplesinskin (ou la como se escreve!), eu pelo menos nao conhecia... acho que cheguei a ler quando era mais novo, mas ja nao me lembrava bem.

Lá está, Rumplesinskin, foi uma das coisas que adorei na série, precisamente por esse motivo. Eu já conhecia, mas adorei que a série o tivesse usado. Mas quero mais! Como no Fables! Seria espectacular o Simba (como leão verdadeiro, não um leão humanóide) aparecer na série. Também gostei da maneira como recriaram o Peter Pan, já que na história original, Peter Pan é um miúdo mimado e psicopata.

O Peter Pan e psicopata, no original? Agora choquei  :o
"I took a deep breath and listened to the old brag of my heart: I am, I am, I am."

- Sylvia Plath

Offline Fernando Pinheiro

  • Sou um anjo-caído ou demónio se preferirem. Também sou o "sociopata" de Almada :D
  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 2497
  • Um escritor ecléctico.
    • Ver Perfil
Re: Série Preferida
« Responder #2192 em: Março 03, 2015, 01:22:54 am »
Vejo varias. Adoro Outlander e Once Upon a Time, por exemplo.

A série Era uma Vez é interessante e têm ideias que eu adoro muito, mas gostava que a série se inspira-se em mais contos-de-fadas e fábulas para além das que foram adaptadas pela Disney, a maior parte dos Irmãos Grimm ou Charles Pearrault. A Branca de Neve é um conto muito gasto já. A BD Fables de Bill Willingham é superior nesse aspecto, onde fala de contos que nunca ouvi falar, o que é bastante satisfatório para mim. Sempre que falo sobre o meu descontentamento de usarem sempre os mesmos contos, falam que sempre existe O Rei Leão que é uma fábula mais recente e muito boa (e é, a melhor fábula e mais bonita de sempre). Mas O Rei Leão já foi feito ao tempo! Estamos em 2015, e depois d'O Rei Leão ou Toy Story, os contos ou fábulas, giram à volta da Branca de Neve. Com algumas excepções como Brave, Monstros e Companhia (que já não é tão novo assim) ou Batalha e O Homem-Corvo de David Soares, que são histórias originais e que gostei bastante, vejo pouca originalidade nos últimos tempos.

E assim, a Branca de Neve e imortal, e daqueles contos que vai ter sempre novas adaptaçoes, assim como o Capuchinho Vermelho, a Cinderella, etc. No entanto, a Disney tambem traz historias novas, ou pelo menos nao tao "batidas", como o Frozen...

Once Upon a Time ja abordou imensos contos/personagens, e de facto deu uma nova vida a essas historias,  dando-as uma nova roupagem. Eu adoro...


Eu também gosto dalgumas ideias da série Era Uma Vez, mas gostava que não dessem tanta atenção à Branca de Neve, e que não usassem só as versões Disney dos contos-de-fadas e fábulas mais populares e comerciais. Porque não usam o Simba? Ou então a Baba Yaga, Koschei, Woody, o Soldadinho de Chumbo, Quebra-Nozes e a Odette, o Cisne Branco. Tão pouco aproveitadas são as histórias com a premissa dum universo onde todos os contos-de-fadas e fábulas são reais. Frozen - O Reino de Gelo é uma adaptação da Rainha da Neve de Hans Christian Anderson, o mesmo autor da Pequena Sereia. Gostei do filme Frozen, em parte por causa da moral, na qual muitos e muitas caem na asneira que a principal do Frozen caiu, que é confundir simpatia/educação com bondade ou confundir amor com paixão. São conceitos diferentes. E ela inocentemente descobriu as diferenças da pior maneira. Gostei da moral, até porque "Hans"falsos (as) há muitos. O último que vi, adorei e achei mesmo original foi o Brave - Indomável.

Um conto que abordaram que nao e muito conhecido foi o do Rumplesinskin (ou la como se escreve!), eu pelo menos nao conhecia... acho que cheguei a ler quando era mais novo, mas ja nao me lembrava bem.

Lá está, Rumplesinskin, foi uma das coisas que adorei na série, precisamente por esse motivo. Eu já conhecia, mas adorei que a série o tivesse usado. Mas quero mais! Como no Fables! Seria espectacular o Simba (como leão verdadeiro, não um leão humanóide) aparecer na série. Também gostei da maneira como recriaram o Peter Pan, já que na história original, Peter Pan é um miúdo mimado e psicopata.

O Peter Pan e psicopata, no original? Agora choquei  :o

Peter Pan não foi criado por Walt Disney, este apenas adaptou para o cinema. Peter and Wendy foi escrito como peça de teatro e conto-de-fadas também, por J.Barrie, um inglês. Na história original, de Barrie, Peter tinha a personalidade que vês na série. Trapaceiro e mimado. Um adulto com personalidade infantil. O próprio Barrie disse que queria que Peter matasse os Meninos Perdidos, caso estes quisessem crescer, mas acabou por cortar essa parte do livro (e peça). Psicopata, porque, como sabes, as pessoas que são anti-sociais não têm empatia ou noção de certo e errado. Peter Pan na história original não têm a noção de certo e errado, porque têm uma mentalidade infantil. Há vários tipos de psicopatas, nem todos são do estilo "Hannibal Lecter", alguns são apenas pessoas imaturas, um pouco mais como o Joffrey, para mencionar um exemplo ficcional popular. Todos associam a infantilidade com inocência, mas a infantilidade pode ter um lado negro, se a pessoa for já adulta. Na história original, Peter é adulto, mas imaturo, e faz trapaças para impedir que Wendy e os outros miúdos deixem a Terra do Nunca, até a Wendy ensinar a noção do certo e errado e também a noção de responsabilidade (trabalhar, ter filhos e outros costumes da Inglaterra vitoriana). No filme adaptado por Disney ainda mantêm a personalidade de trapaceiro de Peter Pan, mas tira a parte de ser mimado da história de Barrie, mas no filme de Disney ainda aparece Peter Pan a dizer que foi ele que cortou a mão ao Capitão Gancho e que lhe deu para comer ao crocodilo como na história original e Wendy ainda ensina a noção de responsabilidade ao Peter Pan. Mas lá está se associas psicopata só mais ao tipo "Ted Bundy" ou "Vladimir Putin, então podemos dizer que Peter Pan é um imaturo perigoso. Daí a Wendy ser a "Mãe" de Peter Pan, dum certo ponto-de-vista, é.

Capitão Gancho morre comido pelo crocodilo na história original, Peter atira-o para lá.
« Última modificação: Março 03, 2015, 01:29:40 am por Fernando Pinheiro »
Brevemente Diábolos, o Rapaz-Diabo.

Silent Hill 2 é o melhor videojogo de Fantástico.

Dentro de cada um de nós existe um animal prestes a ser despertado.

Salazarismo e Extrema-direita Sucks -.-'