Autor Tópico: As Crónicas da Espada - O Encontro  (Lida 28797 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Sveco

  • Visitante
As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #15 em: Janeiro 06, 2010, 01:41:21 am »
Nunca li o Elric, mas já la vão os dois primeiros do Conan, assim como este.
O Conan é o Conan, era já o grande herói quando o Moorock brincava ao pião e o Leiber era ainda um jovem adulto. Não retiremos o mérito a Robert E. Howard, pois mesmo o Tolkien foi lá buscar alguma inspiração (a Middle-earth tem claras influencias do mundo da Idade Hibórea) e não acredito que o Sword and Sorcery tivesse alguma vez nascido sem Howard. Contudo, acho que estes (ainda não li Moorcock, mas são boas as criticas) também foram bons.
Quanto a este livro, acho que a tradução do titulo foi a única coisa que deixou muito a desejar, pois o titulo original é "Swords and Deviltry" que não tem nada a ver com "Crónicas da Espada - O Encontro". Adorei a acção, adorei a construção dos personagens, adorei a boa descrição da cidade (que peço desculpa já não me lembro o nome) com as ruas todas permenorizadas e com um pouco daquele ar medieval, adorei o fim trágico da história (que mostra que até mesmo os herois fraquejam), adorei a forma um pouco misteriosa de como a magia é descrita (sem grandes promenores, à semelhança do Conan) e principalmente adorei mais o livro porque me trás boas memórias naquele jardim de Pombal lol.

Recomendo vivamente a leitura

Offline paul_muadib

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 90
    • Ver Perfil
    • http://blog.tecnofantasia.com
As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #16 em: Janeiro 06, 2010, 01:47:11 am »
Citação de: "Sveco"
Quanto a este livro, acho que a tradução do titulo foi a única coisa que deixou muito a desejar, pois o titulo original é "Swords and Deviltry" que não tem nada a ver com "Crónicas da Espada - O Encontro". Adorei a acção, adorei a construção dos personagens, adorei a boa descrição da cidade (que peço desculpa já não me lembro o nome) com as ruas todas permenorizadas e com um pouco daquele ar medieval, adorei o fim trágico da história (que mostra que até mesmo os herois fraquejam), adorei a forma um pouco misteriosa de como a magia é descrita (sem grandes promenores, à semelhança do Conan) e principalmente adorei mais o livro porque me trás boas memórias naquele jardim de Pombal lol.

Recomendo vivamente a leitura


Obrigado, Sveco, pelas simpáticas palavras a respeito deste livro. Leiber é um dos grandes mestres de fantasia do século XX, e Fafhrd e o Rateiro Cinzento a sua grande saga.

Relativamente ao título, entendo a sua ressalva, contudo "O Encontro" acaba por definir, perante os leitores portugueses, que se trata do primeiro livro. E para todos os efeitos, os contos foram escritos e publicados inicialmente sem ideia de se fazer deles um livro.

Espero que continue para o segundo :)

Sveco

  • Visitante
As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #17 em: Janeiro 28, 2010, 02:21:46 am »
Quanto a este livro, ao que tudo indica não vai haver publicação de sequelas nos próximos tempos. É pena porque adorei e fiquei a "lamber as beiças" pela continuação da história. Alías, eu gosto de histórias que morram a meio... prefiro que os personagens fiquem na minha imaginação como desconhecidos, do que como bons amigos (a sensação de ler grandes sagas), prefiro imaginar o que veio a seguir sem nunca poder dizer que tenho a certeza, enfim, prefiro que as histórias morram a meio... Com o Conan tive essa sensação quando li o primeiro conto... imaginei na minha cabeça, o trilho que o bárbaro cruzou depois de ter assaltado a Torre do Elefante... depois fiz o mesmo com os seguintes contos. Quando li o segundo livro, o personagem "tornou-se meu amigo" e eu perdi o interesse pelo bárbaro da Ciméria (a prova que não comprei os seguintes livros :evil: - mas estão na minha lista).
Agora Fafhard e o Rateiro são outros dois que eu mal conheço, que conheci naquela altura e não voltei a vê-los (como os meus amigos de infância). Adorei aquela aventura, aquela emoção (não os achei aquele protótipo de personagem que parte para a acção sabendo que a estória vai salvá-lo no fim, mas aquele cujo destino vai sendo marcado linha a linha - e a euforia foi palpável, quase me senti um terceiro nas ruas daquela cidade, partilhando o receio e inquietude de dois homens que vão fazer algo de que não estão muito seguros). E as suas donzelas (se lho puder-mos chamar) morreram no fim... devoradas por ratos. Qual romantismo mais morbido do que esse? Adoro isso.
A minha ansiedade não era menor que a deles, estava a caminho de Pombal para me encontrar com uma miuda que só tinha visto uma vez na vida. Esta ansiedade e os beijos dela, ajudaram a marcar a saudade que tenho por este livro (não o releio, quero imaginá-lo tal qual me lembro). A saudade e a melancolia são duas sensações que me dão prazer... e eu nunca mais vi essa miuda, mas lembro-me dos beijos dela melhor do que aqueles que dei a outras com quem partilhei a vida mais tempo - aquelas namoradas com quem convivi dia após dia. Porque a brevidade é bonita!

Anseio pelo segundo livro... mas não sei se farei bem. Pois sinto receio que o meu segundo encontro com Fafhard e o Rateiro possa ser catastrófico para a minha saudade.

Agora falando a sério. A capa da edição especial, na minha opinião não foi grande coisa: primeiro porque dá a ideia dum romancezeco infanto-juvenil, quem gosta de clássicos não irá por uma capa daquelas e quem gosta desse tipo de coisas não irá facilmente comprar um livro de que nunca ouviu falar; segundo, o tipo de fantasia destina-se a adultos e nem todos estes gostarão de ser apanhados em sitios públicos com um livro aparentemente infantil; terceiro, há dois personagens na capa: um eu identifico-o com o Rateiro (se bem que é discutível), mas o segundo é uma mulher e não há nenhuma mulher na história, descrita da forma como aparece a musa da capa...

Bem Haja 8)

Offline paul_muadib

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 90
    • Ver Perfil
    • http://blog.tecnofantasia.com
As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #18 em: Janeiro 28, 2010, 09:41:37 am »
Citação de: "Sveco"
Porque a brevidade é bonita.


A brevidade evita que a história decaia na banalidade. Todos nós já passámos por isso.

O segundo livro estava a ser traduzido, não sei em que ponto se encontra. E não, não se torna banal.

Obrigado pelos comentários

Offline supernauta

  • Aprendiz
  • *
  • Mensagens: 2
  • shred of light. pinch of endless
    • Ver Perfil
Re: As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #19 em: Fevereiro 23, 2010, 06:19:05 am »
concordo que a capa da edição especial não se aproxima minimamente da beleza da primeira (e assim, se surgir um segundo volume que siga essa primeira estética).

é uma pena ver demorar tanto tempo a chegada dum segundo volume. adoro conan, mas é um personagem que conheci praticamente toda a vida, dos filmes, da bd, é muito bom ler a escrita poderosa e directa do Howard, mas no fundo já conhecia todos os contos. o fafhrd e o gray mouser tomaram.me de rajada - o humor e a argúcia da escrita do Leibner são irresistíveis, a crítica social que os outros contos (que procurei após a SE me ter apresentado Lanhkmar no primeiro volume) denotam é ainda mais mordaz e divertida.

gosto muito destes dois personagens, irresponsáveis, mulherengos, bebedanas - são duas rockstars no mundo do sword & sorcery.

aconselho, caso alguém não conheça o paperback da dark horse, que recolhe uns 5 ou 6 contos desenhados pelo genial mike mignola.

fala.se também na inexplicavelmente inexistente versão cinematográfica.

enquanto se espera por tudo isto, que a SE nos agracie com um novo volume (se for preciso uma ajuda na tradução é só pedir).
keep on selling cocaine to angels

Offline Maikeru

  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1144
    • Ver Perfil
Re: As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #20 em: Junho 03, 2010, 14:50:22 pm »
Mandei vir este livro da SdE e estou a espera que chegue. Espero mesmo que valha a pena, as minhas expectativas estão um pouco altas, espero que o livro lhes faça juz ;D E pelos comentários que vi não há dúvidas de que vai fazer ;)
Depois venho cá deixar a minha opinião.
Lido: Letter To His Father, Franz Kafka
A Ler: O Despertar - Memórias de Idhún #3, Laura Gallego García
Em pausa:

Offline Maikeru

  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1144
    • Ver Perfil
Re: As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #21 em: Junho 16, 2010, 03:30:21 am »
Estou a ler Crónicas da Espada de Fritz Leiber. Estou quase no fim, mas como provavelmente só vou acabar daqui a uns dias (por causa dos exames e estudo) decidi vir aqui deixar um bocado da minha opinião e perguntar se concordam.

Queria começar por dizer que estou a gostar do livro e da fantasia que há nele, mas que, ainda assim, há coisas que não gosto muito no livro.
A primeira foi a parte chamada 'Apresentação' em que é feita uma explicação de Nehwon, o mundo lendário onde se passa a história, e do encontro entre o Rateiro e Fafhrd. Esta explicação - chamo-lhe assim pois de descrição tem muito pouco - parece mais um despejar de informação, maioritariamente geográfica no primeiro parágrafo, do que uma descrição do Mundo ou do encontro, ainda que as personagens estivessem bem descritas/caracterizadas, na minha opinião.

Também no início da história, no Canto Gélido, apesar de ter gostado das descrições, parecia que certas coisas surgiam caídas do céu e não havia explicação de o que certas coisas eram, como por exemplo o Salão de Deus que é tao falado ao longo da segunda parte do livro, mas a explicação sobre o que é este salão nunca aparece.

Outra coisa que achei um pouco estranha no livro é que a acção, quando a há, é fantástica. É fluida, até mesmo rápida, e agarra-nos ao máximo ao livro. No entanto estas partes de acção são demasiado curtas e passamos muito mais tempo à espera delas do que nelas, ainda que o fantástico nestas acções e a fluidez delas compensem, de certo modo, o tempo um pouco parado das outras partes.


Queria saber se mais alguém que leu o livro achou isto e se, como eu, se sentiu um pouco desiludido com as tão aclamadas descrições do autor.

« Última modificação: Junho 16, 2010, 03:38:39 am por Maikeru »
Lido: Letter To His Father, Franz Kafka
A Ler: O Despertar - Memórias de Idhún #3, Laura Gallego García
Em pausa:

Offline Fiacha

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 15386
  • Corvo Negro
    • Ver Perfil
Re: As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #22 em: Junho 16, 2010, 03:36:21 am »
(...)
Queria saber se mais alguém que leu o livro achou isto e se, como eu, se sentiu um pouco desiludido com as tão aclamadas descrições do autor.

Não digo disiludido mas Morcoock e o seu Elric foi o que mais gostei (mais até do que Conan o Bárbaro) ;)
Livro a ler: O Cavalo de Outubro de Collen McCuloough 6º volume da saga 1º Homem de Roma

Offline Maikeru

  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1144
    • Ver Perfil
Re: As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #23 em: Junho 16, 2010, 03:42:44 am »
Tinha-me esquecido de algumas coisas e portanto alterei o post anterior. (só para saberes Fiacha)

Como ainda não li Morcoock não posso dizer que gostei mais ou menos, mas o que eu quis dizer é que, depois de ter visto várias críticas a falar das soberbas descrições e caracterizações de Leiber estava à espera de melhor em relação a esse aspecto e que, portanto, fiquei um pouco desiludido. Apesar de ter achado as caracterizações das personagens boas, bem melhores que as descrições.

Outra coisa que se nota claramente é o facto de a revisão ter sido feita à pressa ou com muito pouca atenção. Já vi vários erros com os nomes das personagens, desde Nalgron passar a Nelgron (MUITAS vezes), Vlana passar a Viana e Fafhrd passar a Fafrh. :/ Já para não falar de alguns erros com as palavras. Mas isto nada tem a ver com o autor.

De qualquer dos modos tenho pena que não tenham continuado a tradução das Crónicas :/
« Última modificação: Junho 16, 2010, 04:03:42 am por Maikeru »
Lido: Letter To His Father, Franz Kafka
A Ler: O Despertar - Memórias de Idhún #3, Laura Gallego García
Em pausa:

Offline Ser Land

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 5604
    • Ver Perfil
Re: As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #24 em: Junho 16, 2010, 05:11:46 am »
Tinha-me esquecido de algumas coisas e portanto alterei o post anterior. (só para saberes Fiacha)

Como ainda não li Morcoock não posso dizer que gostei mais ou menos, mas o que eu quis dizer é que, depois de ter visto várias críticas a falar das soberbas descrições e caracterizações de Leiber estava à espera de melhor em relação a esse aspecto e que, portanto, fiquei um pouco desiludido. Apesar de ter achado as caracterizações das personagens boas, bem melhores que as descrições.

Outra coisa que se nota claramente é o facto de a revisão ter sido feita à pressa ou com muito pouca atenção. Já vi vários erros com os nomes das personagens, desde Nalgron passar a Nelgron (MUITAS vezes), Vlana passar a Viana e Fafhrd passar a Fafrh. :/ Já para não falar de alguns erros com as palavras. Mas isto nada tem a ver com o autor.

De qualquer dos modos tenho pena que não tenham continuado a tradução das Crónicas :/

Na verdade, está programado o próximo volume para o fim deste ano ou para o próximo.
A reler:
           
             "The Fires of Heaven" de Robert Jordan

Offline Maikeru

  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1144
    • Ver Perfil
Re: As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #25 em: Junho 16, 2010, 06:10:28 am »
A sério? O: Tinha impressão de ter lido aqui no forum que não iam continuar a editar as Crónicas. Bem, felizmente que vão continuar :D

Já agora uma actualização em relação à minha opinião: Quando começam as aventuras de Fafhrd e Rateiro juntos a acção é constante e as partes entre cada acção são boas preparações para o que se segue. Estou mesmo mesmo a acabar o livro (cerca de 10 páginas) e estou mesmo a adorar. Esta última parte é fantástica e as descrições já são muito melhores, as coisas são coerentes e propositadas e dão-nos uma boa imagem do que se está a passar, sem serem demasiado massudas.
Lido: Letter To His Father, Franz Kafka
A Ler: O Despertar - Memórias de Idhún #3, Laura Gallego García
Em pausa:

Offline Safaa_Dib

  • Administrator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 2083
    • Ver Perfil
Re: As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #26 em: Junho 16, 2010, 21:53:47 pm »


Na verdade, está programado o próximo volume para o fim deste ano ou para o próximo.

Hã? Onde é que leste isso?
Kill the boy, Jon Snow.  Winter is almost upon us.  Kill the boy and let the man be born. - A Dance with Dragons

Offline Maikeru

  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1144
    • Ver Perfil
Re: As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #27 em: Junho 17, 2010, 03:59:01 am »
Pois, também me pareceu estranho :P
Pareceu-me ter lido por aqui pelo site a dizerem que não vou continuar com a saga, é verdade Safaa?
Lido: Letter To His Father, Franz Kafka
A Ler: O Despertar - Memórias de Idhún #3, Laura Gallego García
Em pausa:

Offline Safaa_Dib

  • Administrator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 2083
    • Ver Perfil
Re: As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #28 em: Junho 17, 2010, 04:10:36 am »
Pois, também me pareceu estranho :P
Pareceu-me ter lido por aqui pelo site a dizerem que não vou continuar com a saga, é verdade Safaa?

Neste momento, está fora de questão.
Kill the boy, Jon Snow.  Winter is almost upon us.  Kill the boy and let the man be born. - A Dance with Dragons

Offline Ser Land

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 5604
    • Ver Perfil
Re: As Crónicas da Espada - O Encontro
« Responder #29 em: Junho 17, 2010, 04:58:25 am »


Na verdade, está programado o próximo volume para o fim deste ano ou para o próximo.

Hã? Onde é que leste isso?

Pensei que tinha lido isso há uns meses atràs. My bad.
A reler:
           
             "The Fires of Heaven" de Robert Jordan