Autor Tópico: Como escrever uma Crítica Literária  (Lida 12597 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Magnus

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4278
  • O Senhor Luvas
    • Ver Perfil
    • O Senhor Luvas
Como escrever uma Crítica Literária
« em: Junho 12, 2011, 19:51:36 pm »
Uma das ideias do tópico Escrita Criativa era, e é a de mostrar os textos de quem quer se mostrar ao mundo e claro evoluir enquanto escritor. Claro que isso inclui ser criticado pelos seus pares do Forum (e não só), mas a maioria de nós o que faz é simplemente dizer se gostou ou não, e/ou pouco mais que isso. Quantos de nós é que sabemos elaborar uma critica literaria com pés e cabeça? Quantos de nós é sabemos criticar na totalidade do que esta palavra implica? A verdade é que não existem muitos com essas capacidades, eu incluído. Com isso em mente, e também porque existem muitos de nós aqui que são “donos” de blogs onde a critica literaria é uma das suas componentes andei a pesquisar essa “arte” que é como escrever uma crítica literária e embora não tenha encontrado muito sobre o assunto o que encontrei pareceu-me logico, portanto deixo aqui os “resultados”:


Citar

Li o post a seguir no Recanto das palavras, blog muito bem construído e administrado por Jorge Alberto. Há muitas novidades e todas de muito boa qualidade. Parabéns, Jorge Alberto. Estou postando uma de suas traduções."Como escrever uma crítica literária ou resenha de um livro". Boa Leitura!


A resenha ou crítica literária são tanto uma descrição ou uma avaliação de um livro. Deve concentrar-se sobre a finalidade do livro, conteúdo e credibilidade.

Preliminares
Antes de começar a ler, considere o seguinte:
1. Título - O que propõe?
2. Prefácio - Fornece informações importantes sobre a finalidade do autor em escrever o livro e lhe ajudará a determinar o sucesso do trabalho?
3. Índice - Diz-lhe a forma como o livro é organizado e os itens que ajudarão a determinar as principais idéias do autor e a forma como são desenvolvidos? Observar a cronologia, tópicos e outros ítens.

Leia o texto
Anote as impressões sobre o que você lê e destaque passagens para evidenciar. Tenha em mente essas perguntas:
1. Qual é a área ou gênero, e como o livro se encaixa nestas áreas?(Utilize fontes externas para se familiarizar com o campo, se necessário)
2. Qual o ponto de vista daquilo que está escrito?
3. Qual é o estilo do autor? É formal ou informal? Qual tipo de público pretende atingir? Se é uma obra de ficção, o que faz o autor no sentido de usar técnicas literárias?
4. Os conceitos estão claramente definidos? O autor desenvolve bem as idéias? Que áreas são abrangidas ou não abrangidas? Por quê? Isso ajuda a estabelecer a credibilidade do livro.
5. Se é uma obra de ficção, anote elementos como a personagem,enredo, e organização, e como estes se relacionam com o tema do livro. Como é que o autor delineia seus personagens? Como os desenvolve ou desenvolveu? Qual é a estrutura do enredo?
6. Quão exatas são as informações contidas no livro? Verifique fontes externas, se necessário.
7. Se necessário, anote o formato do livro - diagramação, encadernação, tipografia. Verifique se há mapas ou ilustrações e se certifique que eles ajudam a compreensão.
8. Verifique o assunto. O índice é preciso? O que fez o autor utilizar fontes - primárias ou secundárias? Como é que ele fez uso delas? Tome nota de importantes omissões.
9. Por último: o livro é completo? Precisa ser melhor trabalhado? Compare o livro a outros deste autor ou de outros autores.

Consulte fontes adicionais
Tente encontrar mais informações sobre o autor - a sua reputação, qualificações, influências, etc. - qualquer informação que seja relevante para o livro a ser revisto e que ajudará a estabelecer acredibilidade do autor. É bom ter conhecimento do período e deimportantes teorias literárias, isto também pode ser útil para a sua resenha. Consulte algum especialista que poderá sugerir fontes e caminhos de pesquisa.

Prepare um esboço
Analise cuidadosamente suas notas e tente unificar suas impressões em uma declaração que descreva a finalidade do trabalho. Em seguida, delineie os argumentos que sustentam a sua resenha. Seus argumentos devem desenvolver a resenha de uma maneira lógica.

Escreva um rascunho
Depure suas anotações e, então, direcionando e fazendo referências às notas quando necessário, comece a escrever. A resenha deve incluir os seguintes elementos:
1. Informações preliminares - A citação bibliográfica completa do livro ou seja, título, autor, local, editor, data da publicação, edição, número de páginas, características especiais (mapas, gravuras, etc), preço e ISBN.
Exemplo:
Dona Carochinha
Contos e Histórias
Rio de Janeiro: Editora Que Imprime, 1998.
224pp. $37.50
9877987798779-0
2. Introdução - Tente capturar a atenção do leitor com sua frase inicial. A introdução deverá indicar sua idéia central, e definir o tom da resenha.
3. Desenvolvimento - Desenvolva argumentos que suportem a resenha, tal como estabelecido no seu esquema. Use descrições, avaliações e, se possível explicação do motivo pelo qual o (a) autor (a) escreveu o livro. Use citações para ilustrar pontos importantes ou peculiaridades.
4. Conclusão - Se a sua resenha foi bem fundamentada, a conclusão deve seguir naturalmente. Ela pode incluir uma avaliação final ou simplesmente reafirmar a sua visão. Não deve introduzir novos materiais neste ponto.

Revisão do rascunho
1. Faça tudo dentro dos prazos estabelecidos. Assim você ganha tempo.
2. Releia com atenção o seu texto, à procura de clareza e coerência.
3. É fundamental ter gramática e ortografia corretas.
4. Verifique as citações.


http://jacaredechinelo.blogspot.com/2008/05/como-escrever-uma-crtica-literria-ou.html



Citar

Muitas vezes temos sido influenciado por resenhas de livros e isso nos ajuda a decidir se quer ou não comprar um determinado livro. Se a revisão está em êxtase sobre o livro, então não perdem tempo em correndo para a livraria mais próxima ou comprá-lo através da Internet ou até mesmo ler a versão online do mesmo. Ao ler a resenha nunca podemos compreender as dificuldades em escrevê-lo. É só quando somos confrontados com a perspectiva de escrever uma resenha nós podemos entender a complexidade do problema.A revisão que você escreve é finalmente indo para impressionar tanto o autor e os leitores. Por isso deve ser feito de forma crítica e com sinceridade, expressando seus pensamentos verdadeiros, depois de ler o livro. Há muitas coisas que você tem que estar ciente de quando você escreve uma resenha do livro. Vamos descobrir como escrever uma resenha do livro de uma forma fácil.

1. A primeira etapa envolve a leitura do livro completamente. Você tem que entender o que o escritor quer transmitir e também o contexto em que foi escrito. Você está prestes a escrever uma análise crítica, portanto, você deve ser clara em sua compreensão do livro.

2. O início da revisão aborda com detalhes fora do livro, como o nome do autor, título do livro e que tipo de livro é. Pode ser apenas um retrato cómico da vida, ou com base na história ou académicos. Também poderia ser uma análise sociológica. O pano de fundo do escritor pode ser incluído principalmente em situações como um soldado a escrever sobre suas aventuras no exército. Isso ajuda a se relacionar com a história de uma maneira melhor.

3. Depois, você pode escrever uma breve descrição do livro. Se é um romance de mistério, então não fuja o nome do autor do crime, em primeira instância em si. Criar o suspense e deixar o leitor se sente animado com a leitura do livro para si. Para outros tipos de literatura, você pode fornecer excertos do livro.

4. Ao analisar criticamente o livro, certifique-se que incidem sobre os aspectos interessantes do livro. Se você está revisando um livro sobre os ricos e famosos, então você pode discorrer um pouco sobre seu estilo de vida em primeiro lugar. Você tem que estar aberto sobre sua impressão do livro.

5. Não há nada de errado em ser crítico sobre alguns aspectos do livro, se você não está convencido com o ponto de vista do autor. Mas o parecer deve ser uma representação verdadeira de seus sentimentos e não tendenciosa por qualquer má vontade para com o autor. Você tem que lembrar que sua opinião pode influenciar um monte de leitores para não ler este livro.

6. Você pode escrever sobre a mensagem que o livro tem a intenção de espalhar. Dependendo de como você interpretar o livro, os leitores vão se interessar em comprá-lo.

O segredo por trás escrever resenhas grande é a tua visão sobre o livro e quanto você tem sido capaz de compreender o que o autor está tentando dizer. Você deve escrever a revisão objetiva e de uma forma interessante para que ele torna a leitura muito grande.


http://tipdeck.com/pt/how-to-write-a-book-review/


Se entretanto encontrarem mais informações sobre este assunto queira coloca-la aqui, para que todos possamos aprender algo mais.
O Senhor Luvas
mais que um blog de literatura

Offline escritorario

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 278
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #1 em: Junho 14, 2011, 19:07:38 pm »
Citar
A book review is a description, critical analysis, and an evaluation on the quality, meaning, and significance of a book, not a retelling. It should focus on the book's purpose, content, and authority. A critical book review is not a book report or a summary. It is a reaction paper in which strengths and weaknesses of the material are analyzed. It should include a statement of what the author has tried to do, evaluates how well (in the opinion of the reviewer) the author has succeeded, and presents evidence to support this evaluation.

 

There is no right way to write a book review. Book reviews are highly personal and reflect the opinions of the reviewer. A review can be as short as 50-100 words, or as long as 1500 words, depending on the purpose of the review.

 

The following are standard procedures for writing book reviews; they are suggestions, not formulae that must be used.

    1. Write a statement giving essential information about the book: title, author, first copyright date, type of book, general subject matter, special features (maps, color plates, etc.), price and ISBN.

     

    2. State the author’s purpose in writing the book. Sometimes authors state their purpose in the preface or the first chapter. When they do not, you may arrive at an understanding of the book’s purpose by asking yourself these questions:

        a. Why did the author write on this subject rather than on some other subject?

        b. From what point of view is the work written?

        c. Was the author trying to give information, to explain something technical, to convince the reader of a belief’s validity by dramatizing it in action?

        d. What is the general field or genre, and how does the book fit into it? (Use outside sources to familiarize yourself with the field, if necessary.) Knowledge of the genre means understanding the art form. and how it functions.

        e. Who is the intended audience?

        f. What is the author's style? Is it formal or informal? Evaluate the quality of the writing style by using some of the following standards: coherence, clarity, originality, forcefulness, correct use of technical words, conciseness, fullness of development, fluidity. Does it suit the intended audience?

        g. Scan the Table of Contents, it can help understand how the book is organized and will aid in determining the author's main ideas and how they are developed - chronologically, topically, etc.

        g. How did the book affect you? Were any previous ideas you had on the subject changed, abandoned, or reinforced due to this book? How is the book related to your own course or personal agenda? What personal experiences you've had relate to the subject?

        h. How well has the book achieved its goal?

        i. Would you recommend this book or article to others? Why?

    3. State the theme and the thesis of the book.

        a. Theme: The theme is the subject or topic. It is not necessarily the title, and it is usually not expressed in a complete sentence. It expresses a specific phase of the general subject matter.

        b. Thesis: The thesis is an author’s generalization about the theme, the author’s beliefs about something important, the book’s philosophical conclusion, or the proposition the author means to prove. Express it without metaphor or other figurative language, in one declarative sentence.

            Example

            Title: We Had it Made

            General Subject Matter: Religious Intolerance

            Theme: The effects of religious intolerance on a small town

            Thesis: Religious intolerance, a sickness of individuals, contaminates an entire social group

    4. Explain the method of development-the way the author supports the thesis. Illustrate your remarks with specific references and quotations. In general, authors tend to use the following methods, exclusively or in combination.

        a. Description: The author presents word-pictures of scenes and events by giving specific details that appeal to the five senses, or to the reader’s imagination. Description presents background and setting. Its primary purpose is to help the reader realize, through as many sensuous details as possible, the way things (and people) are, in the episodes being described.

        b. Narration: The author tells the story of a series of events, usually presented in chronological order. In a novel however, chronological order may be violated for the sake of the plot. The emphasis in narration, in both fiction and non-fiction, is on the events. Narration tells what has happened. Its primary purpose is to tell a story.

        c. Exposition: The author uses explanation and analysis to present a subject or to clarify an idea. Exposition presents the facts about a subject or an issue as clearly and impartially as possible. Its primary purpose is to explain.

        d. Argument: The author uses the techniques of persuasion to establish the truth of a statement or to convince the reader of its falsity. The purpose is to persuade the reader to believe something and perhaps to act on that belief. Argument takes sides on an issue. Its primary purpose is to convince.

    5. Evaluate the book for interest, accuracy, objectivity, importance, thoroughness, and usefulness to its intended audience. Show whether the author's main arguments are true. Respond to the author's opinions. What do you agree or disagree with? And why? Illustrate whether or not any conclusions drawn are derived logically from the evidence. Explore issues the book raises. What possibilities does the book suggest? What has the author omitted or what problems were left unsolved? What specific points are not convincing? Compare it with other books on similar subjects or other books by the same as well as different authors. Is it only a reworking of earlier books; a refutation of previous positions? Have newly uncovered sources justified a new approach by the author? Comment on parts of particular interest, and point out anything that seems to give the book literary merit. Relate the book to larger issues.

     

    6. Try to find further information about the author - reputation, qualifications, influences, biographical, etc. - any information that is relevant to the book being reviewed and that would help to establish the author's authority. Can you discern any connections between the author's philosophy, life experience and the reviewed book?

     

    7. If relevant, make note of the book's format - layout, binding, typography, etc. Are there maps, illustrations? Do they aid understanding?

     

    8. Check the back matter. Is the index accurate? Check any end notes or footnotes as you read from chapter to chapter. Do they provide important additional information? Do they clarify or extend points made in the body of the text? Check any bibliography the author may provide. What kinds of sources, primary or secondary, appear in the bibliography? How does the author make use of them? Make note of important omissions.

    9. Summarize (briefly), analyze, and comment on the book’s content. State your general conclusions. Pay particular attention to the author's concluding chapter. Is the summary convincing? List the principal topics, and briefly summarize the author’s ideas about these topics, main points, and conclusions. Use specific references and quotations to support your statements. If your thesis has been well argued, the conclusion should follow naturally. It can include a final assessment or simply restate your thesis. Do not introduce new material at this point.

Some Considerations When Reviewing specific genres:

Fiction (above all, do not give away the story)

Character

    1.From what sources are the characters drawn?

    2.What is the author's attitude toward his characters?

    3.Are the characters flat or three-dimensional?

    4.Does character development occur?

    5.Is character delineation direct or indirect?

Theme

    1.What is/are the major theme(s)?

    2.How are they revealed and developed?

    3.Is the theme traditional and familiar, or new and original?

    4.Is the theme didactic, psychological, social, entertaining, escapist, etc. in purpose or intent?

Plot

    1.How are the various elements of plot (eg, introduction, suspense, climax, conclusion) handled?

    2.What is the relationship of plot to character delineation?

    3.To what extent, and how, is accident employed as a complicating and/or resolving force?

    4.What are the elements of mystery and suspense?

    5.What other devices of plot complication and resolution are employed?

    6.Is there a sub-plot and how is it related to the main plot?

    7.Is the plot primary or secondary to some of the other essential elements of the story (character, setting, style, etc.)?

Style

    1.What are the "intellectual qualities" of the writing (e.g., simplicity, clarity)?

    2.What are the "emotional qualities" of the writing (e.g., humour, wit, satire)?

    3..What are the "aesthetic qualities" of the writing (e.g., harmony, rhythm)?

    4.What stylistic devices are employed (e.g., symbolism, motifs, parody, allegory)?

    5.How effective is dialogue?

Setting

    1.What is the setting and does it play a significant role in the work?

    2.Is a sense of atmosphere evoked, and how?

    3.What scenic effects are used and how important and effective are they?

    4.Does the setting influence or impinge on the characters and/or plot?

Biography

    1.Does the book give a "full-length" picture of the subject?

    2.What phases of the subject's life receive greatest treatment and is this treatment justified?

    3.What is the point of view of the author?

    4.How is the subject matter organized: chronologically, retrospectively, etc.?

    5.Is the treatment superficial or does the author show extensive study into the subject's life?

    6.What source materials were used in the preparation of the biography?

    7.Is the work documented?

    8.Does the author attempt to get at the subject's hidden motives?

    9.What important new facts about the subject's life are revealed in the book?

    10.What is the relationship of the subject's career to contemporary history?

    11.How does the biography compare with others about the same person?

    12.How does it compare with other works by the same author?

History and other Nonfiction

    1.With what particular subject or period does the book deal?

    2.How thorough is the treatment?

    3.What were the sources used?

    4.Is the account given in broad outline or in detail?

    5.Is the style that of reportorial writing, or is there an effort at interpretive writing?

    6.What is the point of view or thesis of the author?

    7.Is the treatment superficial or profound?

    8.For what group is the book intended (textbook, popular, scholarly, etc.)?

    9.What part does biographical writing play in the book?

    10.Is social history or political history emphasized?

    11.Are dates used extensively, and if so, are they used intelligently?

    12.Is the book a revision? How does it compare with earlier editions?

    13.Are maps, illustrations, charts, etc. used and how are these to be evaluated?

Poetry

    1.Is this a work of power, originality, individuality?

    2.What kind of poetry is under review (epic, lyrical, elegiac, etc.)?

    3.What poetical devices have been used (rhyme, rhythm, figures of speech, imagery, etc.), and to what effect?

    4.What is the central concern of the poem and is it effectively expressed?

Fonte: http://www.lavc.edu/library/bookreview.htm

Bibliografia:

Book reviewing : a guide to writing book reviews for newspapers, magazines, radio, and television. Boston. The Writer, 1978 PN98.B7 B6

Drewry, John. Writing Book Reviews. Boston: The Writer, 1974. PN98.B7 D7 1974

Teitelbaum, Harry. How to Write Book Reports. New York: Monarch Press, 1975. LB2369 .T4

Miller, Walter James. How to write book reports : -- analyzing and evaluating fiction, drama, poetry, and non-fiction New York. Arco Pub., 1984. LB2369 .M46 1984

Offline Fernando Pinheiro

  • Sou um anjo-caído ou demónio se preferirem. Também sou o "sociopata" de Almada :D
  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 2497
  • Um escritor ecléctico.
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #2 em: Junho 19, 2011, 01:33:29 am »
Muitos bons conselhos  :D
Brevemente Diábolos, o Rapaz-Diabo.

Silent Hill 2 é o melhor videojogo de Fantástico.

Dentro de cada um de nós existe um animal prestes a ser despertado.

Salazarismo e Extrema-direita Sucks -.-'

Offline Martin Braun

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 290
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #3 em: Outubro 23, 2011, 01:54:36 am »
Ena, tanta coisa!

Eu escrevi durante anos críticas para o Diário de Notícias, querem saber como fazia? Estrutura simples:

1. Background sobre o escritor e o livro. Esta é uma parte interessante para os leitores, mas que muitos críticos não dão qualquer valor.  Eu começava sempre por aí.
2. Explicava resumidamente a narrativa, o  percurso principal da personagem ou da história.
3. Interpretação do que li, partes interessantes que me ficaram na mente, questões que me surgiram. Aqui, prefiro usar uma estrutura em sanduiche: o que gostei, o que não gostei, os pontos mais fortes. Há sempre pontos fortes e pontos fracos, grande parte dos críticos tende a focar-se em apenas uns deles.
4. Por fim, sentimento geral. Gostei do livro? Não gostei? Deixou-me triste? Contente? Divertido? Embasbacado? Angustiado? Cheio ou vazio?

E pronto. É só isso. Muitas vezes tenho a sensação que as pessoas tendem a sobre-analizar as coisas e se esquecem de analizar algo muito simples: o que sentem e porque o sentem. E essa é a base de uma crítica, parece-me. Mas uma crítica é uma coisa subjectiva, não é objectiva, e acho que quando se perde de vista este simples facto corremos o perigo de nos tornarmos extremamente arrogantes, frios e deselegantes nas nossas críticas. E depois admiramo-nos quando temos reações violentas e zangadas...
I like the Universe and the History of Mankind... I believe they join somwhere in a bellybutton.

Offline escritorario

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 278
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #4 em: Outubro 24, 2011, 23:54:14 pm »
4. Por fim, sentimento geral. Gostei do livro? Não gostei? Deixou-me triste? Contente? Divertido? Embasbacado? Angustiado? Cheio ou vazio?

E pronto. É só isso. Muitas vezes tenho a sensação que as pessoas tendem a sobre-analizar as coisas e se esquecem de analizar algo muito simples: o que sentem e porque o sentem. E essa é a base de uma crítica, parece-me. Mas uma crítica é uma coisa subjectiva, não é objectiva, e acho que quando se perde de vista este simples facto corremos o perigo de nos tornarmos extremamente arrogantes, frios e deselegantes nas nossas críticas. E depois admiramo-nos quando temos reações violentas e zangadas...

Não podia estar mais de acordo. A maior parte das críticas que vejo limitam-se a fazer um resumo do livro e no final acrescenta-se uma linha para a opinião pessoal. O monótono e invariável "gostei" ou "recomendo" se é uma crítica positiva ou o inverso se a leitura não tiver sido do agrado do crítico. Nalguns casos há alguma descontrução do que foi lido com interpretações e ilações mais interessantes mas, frequentemente, o impacto pessoal e subjectivo que o livro provocou em quem crítica não é abordado. Para mim, isso é o mais importante numa crítica literária.
« Última modificação: Outubro 24, 2011, 23:55:55 pm por escritorario »

Offline Smirlah

  • Administrator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 16630
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #5 em: Outubro 25, 2011, 01:52:08 am »
A maior parte das críticas que vejo limitam-se a fazer um resumo do livro e no final acrescenta-se uma linha para a opinião pessoal. O monótono e invariável "gostei" ou "recomendo" se é uma crítica positiva ou o inverso se a leitura não tiver sido do agrado do crítico.
É uma coisa que não compreendo. Porque raio é que as pessoas perdem tempo nos blogues e outros afins a fazer apenas um resumo do livro que leram? Raramente teço críticas ou comentários aos livros que leio mas quando o faço nem perco tempo a fazer resumos do livro. Compreendo que se faça um breve resumo caso seja nosso costume elaborar críticas ou opiniões mas não deve passar disso: breve.

Offline slayra

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 203
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #6 em: Outubro 25, 2011, 06:30:11 am »
Bem é por isso que não lhes chamo críticas... eu cá escrevo opiniões, eheh.  ;) ;D Eu por acaso gosto de escrever um breve resumo da história porque penso que dá ao eventual leitor da minha opinião mais alguma informação (algumas vezes os resumos nas capas dos livros são algo enganadores... entre esses e os meus, pode ser que as pessoas fiquem com uma ideia um bocado mais concreta, lol). E depois foco-me em coisas como o enredo, as personagens e o ritmo da narrativa... que penso que são aspectos importantes num livro (pelo menos para mim são). Tento não dizer apenas "gostei" ou "não gostei" mas acho que talvez opiniões muito extensas desencorajem à sua leitura.

O que acham?  :o 

Offline escritorario

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 278
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #7 em: Outubro 25, 2011, 06:36:25 am »
Acho que se alguém não quer ler uma crítica porque ela é extensa então é porque nem sequer a merecia ler de início.

Ler dá trabalho. Mas no final do trabalho (se a escrita for boa) há uma recompensa.
Se o leitor nem sequer se quer dar ao trabalho de ler então não é leitor.

Estamos numa sociedade que tende para a simplificação e em que o "menos é mais" é defendido em todas e quaisquer circunstâncias. Para mim, na escrita, se for de qualidade mais é mais. Há excepções naturalmente mas rejeitar um texto apenas pelo tamanho não me parece razoável.

Offline filipamoreno

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3525
  • live the life you love, love the life you live
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #8 em: Outubro 25, 2011, 18:32:49 pm »
Bem é por isso que não lhes chamo críticas... eu cá escrevo opiniões, eheh.  ;) ;D Eu por acaso gosto de escrever um breve resumo da história porque penso que dá ao eventual leitor da minha opinião mais alguma informação (algumas vezes os resumos nas capas dos livros são algo enganadores... entre esses e os meus, pode ser que as pessoas fiquem com uma ideia um bocado mais concreta, lol). E depois foco-me em coisas como o enredo, as personagens e o ritmo da narrativa... que penso que são aspectos importantes num livro (pelo menos para mim são). Tento não dizer apenas "gostei" ou "não gostei" mas acho que talvez opiniões muito extensas desencorajem à sua leitura.

O que acham?  :o

Eu por acaso tenho tendência a escrever opiniões extensas (claro que depende do livro, mas na maioria dos casos assim o é) e fico triste que aches que as opiniões extensas desencorajem a leitura. Não gosto de pensar que as pessoas não lêem as minhas opiniões, porque são extensas. Acho que se a leitura nos deu prazer a ler, porque não escrever um belo texto, extenso sobre o mesmo? Às vezes a extensão da opinião pode ser devido ao entusiasmo e à boa impressão que o livro nos causou. E isso pode ser um motivo para encorajar a leitura de um livro. Além disso, há muita coisa que se pode retirar de um livro e uma opinião pequena, não é uma opinião, ou pelo menos eu não considero.
Há diferenças entre um comentário e uma opinião. E uma opinião para mim, deve incidir em vários aspectos que se retiraram da leitura e pode e deve ser extensa. Mas não maçuda. E aí é que reside a diferença.

Offline slayra

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 203
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #9 em: Outubro 27, 2011, 06:37:16 am »
Filipa, eu pessoalmente não acho que as opiniões extensas desencorajem a leitura (penso que me expliquei mal). As minhas também não são assim muito pequenas... penso eu, pelo menos comparando com opiniões que tenho lido noutros sites, as minhas são testamentos. Mas já tenho lido para aí comentários na blogosfera em que algumas pessoas afirmam sentir-se desencorajadas por opiniões extensas. Não sei se é a maioria ou não. Por vezes o leitor vai mesmo apenas à procura de um veredicto final... se o autor da opinião gostou ou não gostou (lá está o tal comentário).  :o
Pessoalmente gosto de ler opiniões mais pormenorizadas, especialmente se se focarem em aspectos como o desenvolvimento de personagens e a construção do mundo em que aquelas se movem.
« Última modificação: Outubro 27, 2011, 06:39:11 am por slayra »

Offline filipamoreno

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3525
  • live the life you love, love the life you live
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #10 em: Outubro 27, 2011, 20:12:21 pm »
Desculpa ter suposto uma coisa que não disseste, não quis pôr palavras na tua boca!  :-X
Eu concordo contigo, gosto mais de ler opiniões mais pormenorizadas, porque no final, é o que me permite arriscar ou não arriscar. Com um comentário nunca consigo perceber se eu poderei gostar ou não do livro, portanto, nunca me sinto à vontade (se for daqueles livros que estou indecisa) para ler aquele livro.
Quando leio opiniões que se debruçam em vários aspectos, particularmente aqueles que referiste, dá-me oportunidade de avaliar melhor se o livro irá ter elementos que eu possa gostar ou não.

Mas acredito que haja pessoas que fiquem desencorajadas. Pelo menos já me aconteceu mais que uma vez, me dizerem " já vi que gostaste do livro" e eu responder qualquer coisa do género "pois, se leste a opinião, até percebes o porquê de eu ter gostado", ao que me dizem: " não li a opinião, é muito grande".  :o
Bem, fico sempre um pouco triste, mas enfim, não se pode agradar a gregos e a troianos.

Offline Queen_Fire

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 2297
  • "After all this time?" "Always"
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #11 em: Outubro 27, 2011, 22:54:57 pm »
Eu por vezes tenho um certo receio em escrever criticas porque tenho tendência em alongar-me no texto quando as faço e depois tenho sempre receio de que conte spoilers.
"És o cataplasma que me retira o veneno do coração. - disse-lhe."
 (O Medo do Homem Sábio 1 - Patrick Rothfuss)


http://www.goodreads.com/user/show/4631723-maria

Offline escritorario

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 278
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #12 em: Outubro 27, 2011, 23:38:55 pm »
Eu por vezes tenho um certo receio em escrever criticas porque tenho tendência em alongar-me no texto quando as faço e depois tenho sempre receio de que conte spoilers.

Avisa em LETRAS GARRAFAIS que a crítica tem spoilers no início da mesma!  8)

Offline filipamoreno

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3525
  • live the life you love, love the life you live
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #13 em: Outubro 28, 2011, 05:07:12 am »
Eu por vezes tenho um certo receio em escrever criticas porque tenho tendência em alongar-me no texto quando as faço e depois tenho sempre receio de que conte spoilers.

Avisa em LETRAS GARRAFAIS que a crítica tem spoilers no início da mesma!  8)

Exactamente. É o que eu faço, quando sei que posso falar de elementos sensíveis ao enredo.

Offline Queen_Fire

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 2297
  • "After all this time?" "Always"
    • Ver Perfil
Re: Como escrever uma Crítica Literária
« Responder #14 em: Outubro 29, 2011, 05:49:37 am »
Pois, aí está. Fico sempre com aquela sensação "ah, ninguém gosta de spoilers".
Assim já é diferente :D
"És o cataplasma que me retira o veneno do coração. - disse-lhe."
 (O Medo do Homem Sábio 1 - Patrick Rothfuss)


http://www.goodreads.com/user/show/4631723-maria