Autor Tópico: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker  (Lida 12576 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline tangerina

  • Global Moderator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 4851
    • Ver Perfil
    • goodreads
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #15 em: Setembro 14, 2011, 17:47:32 pm »
Eu ainda estou indecisa :D
Acho que se encomendares online corres o risco de ser aleatório :P
Lido: Aristides de Sousa Mendes, Um Herói Português, José-Alain Fralon
A ler: 1808, Laurentino Gomes
         A Game of Thrones, G. R. R. Martin
        

http://abibliofila.blogspot.com/

http://www.goodreads.com/catsadiablo

Offline Smirlah

  • Administrator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 16630
    • Ver Perfil
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #16 em: Setembro 14, 2011, 22:11:29 pm »
Eu ainda estou indecisa :D
Acho que se encomendares online corres o risco de ser aleatório :P
Pois, tenho esse medo mas também não tenho outra opção. :P

Offline tangerina

  • Global Moderator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 4851
    • Ver Perfil
    • goodreads
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #17 em: Setembro 14, 2011, 22:25:34 pm »
Eu ainda estou indecisa :D
Acho que se encomendares online corres o risco de ser aleatório :P
Pois, tenho esse medo mas também não tenho outra opção. :P


Escreve no campo das observações na encomenda que preferes a capa de Outono, pode ser que tenhas sorte :D
Lido: Aristides de Sousa Mendes, Um Herói Português, José-Alain Fralon
A ler: 1808, Laurentino Gomes
         A Game of Thrones, G. R. R. Martin
        

http://abibliofila.blogspot.com/

http://www.goodreads.com/catsadiablo

Offline Azathoth

  • Aprendiz
  • *
  • Mensagens: 38
    • Ver Perfil
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #18 em: Setembro 14, 2011, 22:26:05 pm »
Está previsto publicarem o The Hellbound Heart ou não? Esse era o que mais me interessava dado que os 2 primeiros filmes do Hellraiser estão no meu top de filmes de terror.

Offline Smirlah

  • Administrator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 16630
    • Ver Perfil
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #19 em: Setembro 14, 2011, 22:46:16 pm »
Eu ainda estou indecisa :D
Acho que se encomendares online corres o risco de ser aleatório :P
Pois, tenho esse medo mas também não tenho outra opção. :P


Escreve no campo das observações na encomenda que preferes a capa de Outono, pode ser que tenhas sorte :D
Vou fazer isso, também hei-de ver se compro o livro no Outono. Pelo sim, pelo não. ::)

ubik

  • Visitante
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #20 em: Setembro 15, 2011, 19:35:35 pm »
Eu adquiri a versão inverno, talvez porque sendo muito quente, preciso dos calafrios que a visão do Clive Barker provoca. ;D
Ainda não li este, mas já li deste autor os "book of Blood", e ainda continua a ser dos livros de contos mais interessantes, inovadores, profundos, chocantes e... macabros da literatura moderna.De terror ou não.
O terror do Barker é muito visual, e muito focado nos medos e amarguras das sociedades modernas e urbanas.
É daqueles autores que não deixa ninguem indiferente.
Amas os seus livros ou odeias-os.

Li tambem o "Jogo da Maldição"( muito bom), "The great and secret show"( grande história!) e aquele que mais me fascinou dos que li, e que foi o "Weaveworld", que é um livro absolutamente excepcional, bem construido, transbordante de imaginação e de deliciosos pesadelos, com uma história "iniciada" a partir de um mundo que "se esconde" numa tapeçaria mágica e se interliga com o nosso.

Este "o ladrão da eternidade", estou muito curioso em ler, até porque representa um regresso a este autor, mas num registo que penso ser algo diferente do habitual deste autor, e a um imaginário unico da fantasia moderna.
Se gostam de autores inovadores, não deixem de o ler.

Para dar a conhecer este autor acho que a Bang! começa bem.Espero que os leitores do fantástico não impeçam que o editor se fique por aqui.... ;)

Offline ruiramos

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3637
    • Ver Perfil
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #21 em: Setembro 21, 2011, 02:07:12 am »
E o que achas de Abarat?

ubik

  • Visitante
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #22 em: Setembro 21, 2011, 02:51:35 am »
Ruiramos, não li.

De há umas leituras para cá "perdi-me" um pouco da obra mais recente do Barker, e não posso opinar.Lamentávelmente. ;)

Antes que me esqueça.
Devo-te um pedido de desculpa por não ter respondido a uma pergunta tua relativa aos livros do Guy Gavriel Kay e/ou do Hamilton a preço de 5€, e cuja venda estava a ser efectuada naquelas feiras do livro que por vezes acontecem na Gare do Oriente.Fica a resposta, que peca por tardia, mas andei arredado deste fórum, e decerto entenderás.

Offline Thanatos

  • Leitor compulsivo
  • ****
  • Mensagens: 703
    • Ver Perfil
    • http://www.bbde.org
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #23 em: Setembro 21, 2011, 04:03:21 am »
O Abarat é poderoso. Pelo menos o primeiro. Há uns anos escrevi isto: «ste romance, Abarat, marca o regresso, no mínimo, esplendoroso de Barker ao universo de Grimm e Andersen, do qual é herdeiro de pleno direito. Não só um é regresso à literatura juvenil mas também um regresso ao topo da forma literária, que de há uns anos a esta parte parecia tê-lo, de certa forma, abandonado. Note-se ainda que este romance é uma catarse, uma purga do autor, que escreveu estas páginas sob a dor da morte do seu pai, e que por via da escrita e da pintura expulsou muitos dos seus anseios, colocando-os em forma criativa.

O Quarteto Abarat nasce da fusão de ideias variadas e muitas delas oblíquas que inspiraram Barker a criar o que começou vida como The Book of Hours. Entre a inspiração citada por ele estão as Crónicas de Narnia de C. S. Lewis, o filme de animação Fantasia dos Estúdios Disney, os livros de Oz de Frank L. Baum, e o grupo de performance canadiano, Cirque du Soleil.

Para este projecto Barker pintou mais de 200 ilustrações a óleo, podendo o seu número ascender a mais de 400 quando o quarteto estiver concluído, sendo que uma centena delas já estão editadas neste maravilhoso volume delicadamente composto por Alicia Mikles, que merece uma menção pelo seu trabalho a todos os títulos impressionante de colocar as ilustrações no fluxo textual. Com um contrato multimilionário com a Disney, que envolve filmes, séries televisivas, parques de diversão e outros, o leitor poderia pensar que Barker se tinha vendido à casa do Rato e produzira uma obra menor, apenas com o intuito de arrecadar dinheiro, já que a opus anterior de Barker não tem paralelos com os mundos infantis e assexuados do império Disney. Mas quando se sabe que Barker vendeu a ideia apenas por força duma exposição oral e mostrando algumas das ilustrações a óleo, apercebemo-nos que, quase certamente, este livro constituiu um choque para os executivos disneynianos.

As ilustrações que acompanham o texto são todas da sua autoria e revelam ao leitor imagens, conceitos e visões de Abarat, que não são intrusivas, antes pelo contrário, estimulam a imaginação para que o texto mais facilmente se entranhe. Concedo que o estilo visual de Barker poderá não ser do agrado de todos, mas ainda assim o prazer da leitura do livro não sairá diminuído se o leitor ignorar as ilustrações e se concentrar na prosa (e ocasional poesia).

Abarat é um arquipélago de 25 ilhas, cada uma representando uma hora do dia e da noite, sendo 25ª Hora, o reino do mágico e do misterioso. Candy Quackenbush é uma jovem de dezasseis anos que vive em Chikentown sem amigos e com uma família, no mínimo disfuncional. Quando a professora do liceu local pretende uma redacção sobre a cidade, Candy procura uma notícia que seja de todo interessante, sem ter de cair no marasmo da repetição de estatísticas frias sobre a principal indústria da cidade, que como o nome indica são as galinhas. É assim que descobre a faceta oculta de Chickentown, que em tempos se chamara Murkitt, em nome do homem que a fundara no exacto local onde o seu cavalo morrera, mas que após o suicídio de um seu descendente num quarto de hotel, mudara de nome, para melhor reflectir o espírito dos seus habitantes. No entanto a professora não acha que uma redacção sobre o lado oculto da cidade seja de grande interesse e Candy resolve abandonar a escola e seguir até à orla da cidade, para os campos de ervas onde uma estranha construção com semelhanças de farol se eleva. Aqui encontra Mischief e os seus irmãos que vivem em galhos que saem da sua cabeça. Mesmo confrontada com a bizarra aparência dos irmãos Mischief, Candy acede em ajudá-los, quando confrontada com a aparição ainda mais bizarra de Mendelson Shape cuja intenção de matá-la é por demais evidente nos seus actos. Invocando o Mar de Izabella, que faz ponte de ligação entre o Hereafter, ou o nosso mundo e Abarat, Candy vê-se na obrigação de fugir do persistente Shape, não sem antes Mischief lhe ter confiado a Chave. »

Podes ler o resto aqui: http://camaraobscurapt.blogspot.com/2004/11/clive-barker-e-o-quarteto-abarat.html

Do segundo volume já não gostei tanto: http://camaraobscurapt.blogspot.com/2006/08/days-of-magic-nights-of-war-abarat-2.html

O terceiro está em pre-order.

Offline ruiramos

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3637
    • Ver Perfil
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #24 em: Setembro 21, 2011, 18:49:15 pm »
Ruiramos, não li.

De há umas leituras para cá "perdi-me" um pouco da obra mais recente do Barker, e não posso opinar.Lamentávelmente. ;)

Antes que me esqueça.
Devo-te um pedido de desculpa por não ter respondido a uma pergunta tua relativa aos livros do Guy Gavriel Kay e/ou do Hamilton a preço de 5€, e cuja venda estava a ser efectuada naquelas feiras do livro que por vezes acontecem na Gare do Oriente.Fica a resposta, que peca por tardia, mas andei arredado deste fórum, e decerto entenderás.

Já nem me lembrava que tinha ficado sem resposta, nem tão pouco que a havia feito a pergunta, de qualquer forma obrigado.

E obrigado companheiro Thanatos pela informação. Bastava teres-me dito que gostaste. O que mais me despertou a atenção para Abarat foram as fontes de inspiração do autor: Cirque du Soleil!!!

Também já pesquisei sobre as ilustrações e o mapa de Abarat. E o universo promete bastante.

Mas depois destas palavras:
Citar
O Abarat é poderoso. Pelo menos o primeiro. Há uns anos escrevi isto: «ste romance, Abarat, marca o regresso, no mínimo, esplendoroso de Barker ao universo de Grimm e Andersen, do qual é herdeiro de pleno direito. Não só um é regresso à literatura juvenil mas também um regresso ao topo da forma literária, que de há uns anos a esta parte parecia tê-lo, de certa forma, abandonado.

Convenceste-me a mergulhar neste mundo de 25 horas.


ubik

  • Visitante
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #25 em: Setembro 26, 2011, 21:47:54 pm »
Esta pequena fábula, "O Ladrão da Eternidade" deixou-me dividido.
Por um lado esperava um reencontro com um Barker ao nivel dos seus "Livros de Sangue", pleno de excessos, ritmo extraordinário, inconformismo, ausência total de divisão entre bem e mal.
Encontrei um Barker, que não deixando de ser um dos autores mais originais que li até hoje, com leituras dificeis de esquecer, um escritor de rupturas, no entanto, se apresenta, nesta obra, num tom mais ligeiro, fazendo uso, por vezes, de um certo humor ( negro, acrescente-se), e numa história que é nitidamente para jovens adultos.
Não que tenha algo contra livros para jovens adultos, e até pode ser uma "boa porta de entrada" para este autor junto dos leitores portugueses, quase sempre bastante conservadores.
Para quem como eu, leu os seus excessos de outras histórias, torna-se mais dificil "digerir"( no bom sentido, claro) este romance mais "light", apreciador que sou dos seus romances mais "verylight "( não é nenhuma piada aos benfiquistas do jamor) ;D.

Estou em crer que este romance foi "pensado" pelo editor para ser publicado mais numa Colecção Teen que numa Bang!, não deixando, no entanto, para os seguidores desta ultima, de se apresentar como uma oportunidade unica de conhecer este extraordinário autor.
E se este " O ladrão da Eternidade" vos deixar surpreendidos, garanto-vos que há outros romances do autor vos vão deixar boquiabertos.
Não deixem de entrar no mundo maravilhoso de pesadelos deste magnifico autor.
Nem que se trate apenas de uma entrada por uma porta mais...estreita. ;)
 

Offline Magnus

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4278
  • O Senhor Luvas
    • Ver Perfil
    • O Senhor Luvas
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #26 em: Setembro 27, 2011, 20:48:32 pm »
Estou em crer que este romance foi "pensado" pelo editor para ser publicado mais numa Colecção Teen que numa Bang!

Acho que isso se deve ao aparente "congelamento" da colecção TEEN, acho que a SdE deve ter optado por integrar a TEEN na Bang.
O Senhor Luvas
mais que um blog de literatura

ubik

  • Visitante
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #27 em: Setembro 27, 2011, 23:03:37 pm »
Acredito que sim , Magnus.

E até acho isso bastante aceitável ( integrando e aportando certos autores de inegável qualidade aos leitores  mais jovens da Bang! ), e desde que os editores da SdE não caiam naqueles "exageros" das suas "congéneres"  Via Láctea da Presença e 1001 Mundos, agora Asa da LeYa, que em virtude dessa transgenização, se tornaram colecções à deriva, acriteriosas, desinspiradas, descaraterizadas, e salvo um autor/obra mais interessante ( infelizmente, a excepção não a regra), profundamente aborrecidas.

Vamos ver como acabam..ou na melhor das hipóteses, como se transformam...  ;)

Offline tangerina

  • Global Moderator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 4851
    • Ver Perfil
    • goodreads
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #28 em: Setembro 28, 2011, 00:22:10 am »
Por acaso estou curiosa em relação a este autor desde que foi anunciado pelo SdE. Gostava de dizer que estará para breve a leitura, mas a pilha não me permite afirmá-lo  ;D
Mas está definitivamente na lista!
Lido: Aristides de Sousa Mendes, Um Herói Português, José-Alain Fralon
A ler: 1808, Laurentino Gomes
         A Game of Thrones, G. R. R. Martin
        

http://abibliofila.blogspot.com/

http://www.goodreads.com/catsadiablo

ubik

  • Visitante
Re: O Ladrão da Eternidade de Clive Barker
« Responder #29 em: Setembro 28, 2011, 01:35:28 am »
Tangerina,

Penso que vais gostar e não te arrependerás da sua leitura, mas o Barker que mais aprecio está umas octanas mais acima. ;)