Autor Tópico: EBOOKS  (Lida 15668 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline vampiregrave

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 202
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #30 em: Janeiro 27, 2013, 00:22:12 am »
é apenas disponibilizar um livro online, e ficam com 75% do lucro?

Não querendo entrar na discução deos 75% serem ou não merecidos (nem tendo uma opinião formada), mas disponibilizar um livro online não é um "apenas" é talvez das partes mais importantes. Qualquer pessoa pode disponibilizar um ebook online sem problemas nenhums, mas disponibilizar num lugar com uma audiencia e alcance decente já é completamente diferente e faz a diferença nas vendas dos livros. Agora se isso faz com que eles mereçam 75%? Não sei. Mas certamente é uma boa pergunta. Mas não podemos realmente dizer que é um "apenas" com esse desdem...

A questão é que o que eles fazem é colocar os eBooks nalgumas das principais lojas. Os 75% são, portanto, para pagar a disponibilização do teu livro nessa rede de distribuição. Isso poupa algum trabalho, mas se o autor publicar o seu livro individualmente em cada uma dessas lojas, pode obter um lucro que vai até aos 70% nalgumas delas.

Offline rui278

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4059
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #31 em: Janeiro 27, 2013, 00:28:25 am »
é apenas disponibilizar um livro online, e ficam com 75% do lucro?

Não querendo entrar na discução deos 75% serem ou não merecidos (nem tendo uma opinião formada), mas disponibilizar um livro online não é um "apenas" é talvez das partes mais importantes. Qualquer pessoa pode disponibilizar um ebook online sem problemas nenhums, mas disponibilizar num lugar com uma audiencia e alcance decente já é completamente diferente e faz a diferença nas vendas dos livros. Agora se isso faz com que eles mereçam 75%? Não sei. Mas certamente é uma boa pergunta. Mas não podemos realmente dizer que é um "apenas" com esse desdem...

A questão é que o que eles fazem é colocar os eBooks nalgumas das principais lojas. Os 75% são, portanto, para pagar a disponibilização do teu livro nessa rede de distribuição. Isso poupa algum trabalho, mas se o autor publicar o seu livro individualmente em cada uma dessas lojas, pode obter um lucro que vai até aos 70% nalgumas delas.


Acredito que tenhas razão. E é algo por que muitos escritores podem optar.
http://curiouscharacteradventures.blogspot.com/

One Ring to rule them all, One Ring to find them,
One Ring to bring them all and in the darkness bind them

Offline Confucio

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 362
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #32 em: Janeiro 27, 2013, 03:42:31 am »
A loja da Kobo funciona perfeitamente, e tem bastantes descontos como indiquei em posts anteriores. Para além disso, mesmo que assim não fosse, os modelos Kobo não estão bloqueados à loja da marca (o mesmo não se pode dizer do Kindle).

Funciona perfeitamente e com descontos em livros ingleses. No entanto, o mesmo já não acontece na grande maioria dos ebooks das editoras portuguesas (por decisão destes, creio).

Offline vampiregrave

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 202
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #33 em: Janeiro 27, 2013, 10:23:18 am »
A loja da Kobo funciona perfeitamente, e tem bastantes descontos como indiquei em posts anteriores. Para além disso, mesmo que assim não fosse, os modelos Kobo não estão bloqueados à loja da marca (o mesmo não se pode dizer do Kindle).

Funciona perfeitamente e com descontos em livros ingleses. No entanto, o mesmo já não acontece na grande maioria dos ebooks das editoras portuguesas (por decisão destes, creio).

Sim mas uma coisa é criticar as funcionalidades da loja, outra os descontos que pratica. As editoras portuguesas que vendem eBooks na Kobobooks colocam-nos a preço fixo, e isso inviabiliza a utilização dos códigos promocionais que referi. É, no entanto, uma decisão que parte das editoras e não da Kobo. Tenho acompanhado os preços nos últimos meses e são raras as promoções dignas desse nome; de momento só me recordo da promoção da Leya (-50% nos eBooks do José Saramago).

Deadlymoon

  • Visitante
Re: EBOOKS
« Responder #34 em: Janeiro 27, 2013, 13:17:06 pm »
VampireGrave, percebi mal então! Tinha ficado com a ideia de que a Kobo não seria grande coisa. Obrigada pelo esclarecimento :)

Oliveira8, ainda não tinha pensado no teu ponto de vista, e pelo menos sempre é mais reconfortante do que o pensamento de que os livros físicos vão acabar!

Rui278, o apenas não foi dito propriamente com desdém, mas sim com ignorância, porque, tal como afirmei, não conheço a 100% o funcionamento dessas publicações, e quero acreditar que, ficando com 75%, a editora faz mais do que isso :) No entanto, depois do que o VampireGrave disse

A questão é que o que eles fazem é colocar os eBooks nalgumas das principais lojas. Os 75% são, portanto, para pagar a disponibilização do teu livro nessa rede de distribuição. Isso poupa algum trabalho, mas se o autor publicar o seu livro individualmente em cada uma dessas lojas, pode obter um lucro que vai até aos 70% nalgumas delas.

não me acredito muito nisso, e acho que é um absurdo que eles fiquem com 75% do lucro pela disponibilização do livro.

Offline vampiregrave

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 202
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #35 em: Janeiro 27, 2013, 13:30:24 pm »
É essencialmente isso, porque quaisquer serviços adicionais (design, revisão, etc.) são pagos à parte.

Offline rui278

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4059
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #36 em: Janeiro 27, 2013, 15:10:26 pm »
Rui278, o apenas não foi dito propriamente com desdém, mas sim com ignorância, porque, tal como afirmei, não conheço a 100% o funcionamento dessas publicações, e quero acreditar que, ficando com 75%, a editora faz mais do que isso :) No entanto, depois do que o VampireGrave disse

A questão é que o que eles fazem é colocar os eBooks nalgumas das principais lojas. Os 75% são, portanto, para pagar a disponibilização do teu livro nessa rede de distribuição. Isso poupa algum trabalho, mas se o autor publicar o seu livro individualmente em cada uma dessas lojas, pode obter um lucro que vai até aos 70% nalgumas delas.

não me acredito muito nisso, e acho que é um absurdo que eles fiquem com 75% do lucro pela disponibilização do livro.


A simples razão que uso para afirmar que as editoras fazem bem mais que isso é o facto de que mesmo tendo a opção de auto-publicar, a grande maioria dos autores não o faz. Mais. Atrevo-me a dizer que 80% dos escritores que conheces está associado a uma editora. A questão é que as editoras disponibilizam, nestes sites, criam visibilidade para o autor, dão lhe credibilidade, funcionam como uma garantia de qualidade para o leitor, ou seja, têm na maioria das vezes uma visibilidade muito maior, e geralmente vendem muito mais.

Por isso sim, é verdade que o escritor escreve o livro. Mas a editora é a melhor hipotese que um escritor tem de vender muitos livros. Se isso vale 75%, não sei. Mas vale bastante.
http://curiouscharacteradventures.blogspot.com/

One Ring to rule them all, One Ring to find them,
One Ring to bring them all and in the darkness bind them

Offline vampiregrave

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 202
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #37 em: Janeiro 27, 2013, 15:15:22 pm »
Citar
A simples razão que uso para afirmar que as editoras fazem bem mais que isso é o facto de que mesmo tendo a opção de auto-publicar, a grande maioria dos autores não o faz. Mais. Atrevo-me a dizer que 80% dos escritores que conheces está associado a uma editora. A questão é que as editoras disponibilizam, nestes sites, criam visibilidade para o autor, dão lhe credibilidade, funcionam como uma garantia de qualidade para o leitor, ou seja, têm na maioria das vezes uma visibilidade muito maior, e geralmente vendem muito mais.

Por isso sim, é verdade que o escritor escreve o livro. Mas a editora é a melhor hipotese que um escritor tem de vender muitos livros. Se isso vale 75%, não sei. Mas vale bastante.

Isso que dizes é verdade para as vias normais de publicação, em que a editora trata da revisão, edição, marketing, etc. Neste caso, se não forem pagos quaisquer serviços adicionais, a Leya limita-se a colocar o eBook na sua loja (numa secção de autopublicação) e noutras importantes lojas online, aplicado um selo nas capas que indica que se trata de uma edição de autor, ou seja, não só não existe qualquer garantia a nível de qualidade, como a própria editora faz questão de demarcar as obras publicadas através do Escrytos. Que credibilidade dá isto a um autor? Se não existem parâmetros de qualidade para aceitação das obras, porque há-de o leitor arriscar em comprar um título do Escrytos, em comparação com qualquer outra plataforma de autopublicação?
« Última modificação: Janeiro 27, 2013, 15:17:35 pm por vampiregrave »

Offline Confucio

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 362
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #38 em: Janeiro 27, 2013, 18:16:00 pm »
Sim mas uma coisa é criticar as funcionalidades da loja, outra os descontos que pratica. As editoras portuguesas que vendem eBooks na Kobobooks colocam-nos a preço fixo, e isso inviabiliza a utilização dos códigos promocionais que referi. É, no entanto, uma decisão que parte das editoras e não da Kobo. Tenho acompanhado os preços nos últimos meses e são raras as promoções dignas desse nome; de momento só me recordo da promoção da Leya (-50% nos eBooks do José Saramago).

Completamente de acordo. Eu até gosto da loja da Kobo e a ir para um eReader neste momento era para um Kobo Glo. O que lamento é que as editoras não deixem que se façam promoções/utilizem códigos de desconto.

Quanto às promoções, para além dessa que referes, houve outra na Leya em dezembro com 40% em todas as encomendas (entre as quais os ebooks), e este mês outra com o The Killing com 65% tanto na Leya e na Wook. É pouco. Esperemos que isto melhore este ano.

Offline rui278

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4059
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #39 em: Janeiro 27, 2013, 19:02:54 pm »
Btw, acho relevante: http://us.txtr.com/beagle/

Esperemos que chegue a portugal (btw, não sei se está explicito no link, mas o preço do Beagle rondaria os 15€)
http://curiouscharacteradventures.blogspot.com/

One Ring to rule them all, One Ring to find them,
One Ring to bring them all and in the darkness bind them

Offline Ravhin

  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1047
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #40 em: Janeiro 28, 2013, 12:52:13 pm »
é apenas disponibilizar um livro online, e ficam com 75% do lucro?

Não querendo entrar na discução deos 75% serem ou não merecidos (nem tendo uma opinião formada), mas disponibilizar um livro online não é um "apenas" é talvez das partes mais importantes. Qualquer pessoa pode disponibilizar um ebook online sem problemas nenhums, mas disponibilizar num lugar com uma audiencia e alcance decente já é completamente diferente e faz a diferença nas vendas dos livros. Agora se isso faz com que eles mereçam 75%? Não sei. Mas certamente é uma boa pergunta. Mas não podemos realmente dizer que é um "apenas" com esse desdem...

Comparando unicamente os custos de produção e distribuição de livros em papel e em formato digital não há qualquer justificação para que ebooks custem tanto ou mais que um mass paperback. Os custos de armazenamento e da largura de banda para disponibilizar os ebooks estão ordens de grandeza abaixo da distribuição em papel.

Offline vampiregrave

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 202
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #41 em: Janeiro 28, 2013, 12:57:24 pm »
Btw, acho relevante: http://us.txtr.com/beagle/

Esperemos que chegue a portugal (btw, não sei se está explicito no link, mas o preço do Beagle rondaria os 15€)

Não faço questão que chegue:
Citar
Here’s where things change, as the Beagle doesn’t have Wi-Fi, and instead uses Bluetooth to transfer books from a smartphone or Txtr’s own Android app. Because the Beagle doesn’t have an operating system of its own, it will rely on the accompanying smartphone app to do everything except turn the pages, right down to altering the font size. There’s also no built-in battery either, and that lump at the bottom of the device is for two AAA batteries.

ou

Citar
And here’s the catch. One reader noticed (and txtr has confirmed) that the Beagle can only carry 5 ebooks at a time. They have to be pre-rendered by the Android app before being transferred over.

Offline rui278

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4059
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #42 em: Janeiro 28, 2013, 13:33:51 pm »
é apenas disponibilizar um livro online, e ficam com 75% do lucro?

Não querendo entrar na discução deos 75% serem ou não merecidos (nem tendo uma opinião formada), mas disponibilizar um livro online não é um "apenas" é talvez das partes mais importantes. Qualquer pessoa pode disponibilizar um ebook online sem problemas nenhums, mas disponibilizar num lugar com uma audiencia e alcance decente já é completamente diferente e faz a diferença nas vendas dos livros. Agora se isso faz com que eles mereçam 75%? Não sei. Mas certamente é uma boa pergunta. Mas não podemos realmente dizer que é um "apenas" com esse desdem...

Comparando unicamente os custos de produção e distribuição de livros em papel e em formato digital não há qualquer justificação para que ebooks custem tanto ou mais que um mass paperback. Os custos de armazenamento e da largura de banda para disponibilizar os ebooks estão ordens de grandeza abaixo da distribuição em papel.

Não sei porque é que os custos do ebook haviam de influenciar de alguma forma o preço de um ebook. Tu não estas a pagar pelos bits mas sim pela historia. Se pagas x por um mass market paperbak, então hás de pagar o mesmo por um ebook. E com melhor margem.


Citar
Here’s where things change, as the Beagle doesn’t have Wi-Fi, and instead uses Bluetooth to transfer books from a smartphone or Txtr’s own Android app. Because the Beagle doesn’t have an operating system of its own, it will rely on the accompanying smartphone app to do everything except turn the pages, right down to altering the font size. There’s also no built-in battery either, and that lump at the bottom of the device is for two AAA batteries.

Para alem das pilhas, resto não me chateia minimamente, nem me preocupa, mas aceito que consideres uma limitação relevante.


Citar
And here’s the catch. One reader noticed (and txtr has confirmed) that the Beagle can only carry 5 ebooks at a time. They have to be pre-rendered by the Android app before being transferred over.

Sort of. So pode armazenar 5 livros em cache, ou seja, só pode ter 5 livros de cada vez aos quais podes aceder imediatamente. Livros livros tens 4GB para encher, só que se os quiseres ler tens de esperar que eles sejam postos em cache.

Mas sim, pelo preço que é nunca esperaria que fosse perfeito. Mas para quem não está para dar 60€ por um e-reader (eu) acho que é uma coisa bem fixe, para utilização esporádica (que é o objectivo, para quem lê regularmente e-books faz muito mais sentido ter um kindle ou nook ou kobo)


http://curiouscharacteradventures.blogspot.com/

One Ring to rule them all, One Ring to find them,
One Ring to bring them all and in the darkness bind them

Offline vampiregrave

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 202
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #43 em: Janeiro 28, 2013, 15:11:49 pm »
A ideia é boa mas traz demasiadas limitações. E há que ter em conta que é necessário teres um smartphone compatível...

Offline Confucio

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 362
    • Ver Perfil
Re: EBOOKS
« Responder #44 em: Janeiro 29, 2013, 03:39:36 am »
Não sei porque é que os custos do ebook haviam de influenciar de alguma forma o preço de um ebook. Tu não estas a pagar pelos bits mas sim pela historia. Se pagas x por um mass market paperbak, então hás de pagar o mesmo por um ebook. E com melhor margem.

Claro que o custo influencia sempre o preço. Nós não pagamos apenas pela história. Pagamos os custos associados mais a margem de lucro.
E o ebook tem menores custos do que um livro em papel, como tal, é expectável que o preço seja inferior ao livro em papel.