Autor Tópico: Filha do Sangue  (Lida 50637 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline CrisCor

  • Administrator
  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1040
    • Ver Perfil
Filha do Sangue
« Responder #15 em: Agosto 06, 2008, 10:44:52 am »
Citação de: "static_pulse"
Toda a gente me falava muito bem de Anne Bishop, por isso farta de ficar na ignorância decidi arriscar.Se há algo de que não me arrependo foi o facto de ter começado a ler Anne Bishop.

Ainda bem que arriscaste, assim descobriste um maravilhoso mundo fantástico!

Citar
Além disto tudo posso dizer que o que mais me cativou no livro foi mesmo a sua vertente mais dark e o erotismo presente.

São dois elementos que não faltam nestas obras, sem dúvida.

Offline DawnCrusader

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 144
    • Ver Perfil
    • http://sousadigitaldesign.no.sapo.pt
Filha do Sangue
« Responder #16 em: Agosto 06, 2008, 19:03:50 pm »
Citação de: "Lunar_Blood"
Acho que o li em 2 dias...e depois claro, tive de ir a correr para a fnac para comprar os outros.


Dois dias? Wow :D

Mas sugiro-te que aprecies os livros com calma. Quanto mais tempo levares a ler, mais notas e ponderas nos detalhes que acabaste de ler. E além do mais, a Anne Bishop não tem uma fonte infindável de livros para lermos :wink:

De qualquer maneira, qualquer pessoa compreende que ao ler-se a primeira página, torna-se difícil largar os SaDiablo :)

Ficam aqui também as minhas boas vindas a ti neste fórum :)

Offline CrisCor

  • Administrator
  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1040
    • Ver Perfil
Filha do Sangue
« Responder #17 em: Agosto 07, 2008, 10:59:35 am »
Citação de: "Lunar_Blood"
Conheci Anne Bishop por este livro, desde então nunca tinha ouvido falar na senhora


E começaste pelo livro indicado... agora é só seguir a ordem de publicação e não te perderás.
 
Citar
As personagens sao incriveis e conseguimos mesmo sentir as emoções de todas elas.
ao inicio achei um pouco confuso, muitos sitios, muitos nomes estranhos, mas depois, a historia começou a fluir e é impossivel para de ler!


Como alguém já disse por aqui  :wink: , é viciante, não é?
Também aprecio o desenvolvimento das personagens, são bastante complexas e envolventes.

Citar
Acho que o li em 2 dias...e depois claro, tive de ir a correr para a fnac para comprar os outros.

Ah, isto é q é um pouco frustrante... então passo uns meses a traduzir e tu devoras em dois dias?!  :lol: É bom sinal!

Offline CrisCor

  • Administrator
  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1040
    • Ver Perfil
Filha do Sangue
« Responder #18 em: Agosto 07, 2008, 11:03:32 am »
Citação de: "DawnCrusader"

Mas sugiro-te que aprecies os livros com calma. Quanto mais tempo levares a ler, mais notas e ponderas nos detalhes que acabaste de ler. E além do mais, a Anne Bishop não tem uma fonte infindável de livros para lermos :wink:


Apoiado! Quando leio um livro de que gosto, por vezes volto atrás, leio e releio partes q quero reter e saborear com calma... enfim, como um bom vinho que se mantém na boca para apreciar todos os sabores (dizem os apreciadores...). Mas a verdade é q quando era mais novinha, também marchavam livros às duzias!  :lol:

Offline DawnCrusader

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 144
    • Ver Perfil
    • http://sousadigitaldesign.no.sapo.pt
Filha do Sangue
« Responder #19 em: Agosto 08, 2008, 23:32:24 pm »
Citação de: "CrisCor"
Mas a verdade é q quando era mais novinha, também marchavam livros às duzias!  :lol:


Curioso... A maior parte do pessoal aqui parece ser aficionado da leitura (de livros). Enquanto eu próprio não posso dizer que leio pouco, visto estar grande parte do tempo na net a olhar para fóruns e sites dos meus interesses pessoais, não me considero um devorador de livros.

Lembro-me que comprei Elric para ler numas férias em Benidorm, e comprei a Filha do Sangue porque vi num qualquer fórum a alusão (positiva) a uma certa autora de dark fantasy.

De bater palmas à Mrs Bishop por me conseguir por livros nas mãos durante muitos, muitos dias :wink:

Offline CrisCor

  • Administrator
  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1040
    • Ver Perfil
Filha do Sangue
« Responder #20 em: Agosto 12, 2008, 01:56:58 am »
Citação de: "DawnCrusader"
Curioso... A maior parte do pessoal aqui parece ser aficionado da leitura (de livros). Enquanto eu próprio não posso dizer que leio pouco, visto estar grande parte do tempo na net a olhar para fóruns e sites dos meus interesses pessoais, não me considero um devorador de livros.

Lembro-me que comprei Elric para ler numas férias em Benidorm, e comprei a Filha do Sangue porque vi num qualquer fórum a alusão (positiva) a uma certa autora de dark fantasy.


O ecrã é um elemento que nos distrai, é verdade. Desde que vás dedicando algum tempito a ler o que te dá prazer, óptimo!


Citar
De bater palmas à Mrs Bishop por me conseguir por livros nas mãos durante muitos, muitos dias

Junto-me às palmas (clap, clap).

Offline v_crazy_girl

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 393
    • Ver Perfil
Filha do Sangue
« Responder #21 em: Agosto 13, 2008, 15:28:23 pm »
Vamos à opinião sobre este livro de Anne Bishop :P

Li o livro e adorei! O livro chamou.me inicialmente a atenção devido à capa, a ilustração fez.me ficar curiosa e a introdução ao livro na contracapa ainda fez pior.
Neste 1º volume somos apresentados a Jaenelle, aos seus medos, à sua família e a Daemon, que neste livro ficou a minha personagem favorita e continuou a se.la até ao fim da trilogia.
Quando acabei de ler o livro estava UAU!, Anne Bishop conseguiu criar uma sociedade nova, que se prestar.mos atençao tens inspirações em temas mais escuros - inferno, demónios, maus tratos - colocado-os no seu mundo de uma forma muito singular e pessoal.
Também me chamou a atenção o facto de as mulheres deterem o poder do reino, governando assim sobre os homens, sentindo.se estes por assim dizer obrigados a obedecer.lhes.
O facto dos poderes deles não serem o significado de terem alta ou baixa posição social também é um algo muito presente no livro. Visto neste livro se retratar uma sociedade que está em declineo, notasse um certo medo dos mais fortes, dai que os mais fracos ficam ficam sobre a autoridade de um dos mais fortes e este para não ver os seus poderes ameaçados, faz o possivel para desacreditar, escravizar, enfim limpar do caminho, estes adversários.

Lindo lindo lindo!

Offline DawnCrusader

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 144
    • Ver Perfil
    • http://sousadigitaldesign.no.sapo.pt
Filha do Sangue
« Responder #22 em: Agosto 13, 2008, 18:29:43 pm »
Citação de: "v_crazy_girl"
Visto neste livro se retratar uma sociedade que está em declineo, notasse um certo medo dos mais fortes, dai que os mais fracos ficam ficam sobre a autoridade de um dos mais fortes e este para não ver os seus poderes ameaçados, faz o possivel para desacreditar, escravizar, enfim limpar do caminho, estes adversários.


Acho que te baralhaste um pouco nesta última exposição, mas julgo que te percebi :wink:

A meu ver, os poderes das jóias têm um peso tremendo na sociedade dos Sangue. Tanto têm que Dorothea teve de aniquilar todas as futuras potenciais Rainhas de jóias mais escuras.

Além disso, Dorothea nunca consegue realmente controlar Daemon, e a fuga de Lucivar de Pruul prova essa mesma falta de controlo sobre machos de jóias escuras.

A submissão (no melhor dos casos temporária) destes deve-se mais a uma apatia perante a falta de alguém a quem servirem do que ao "medo" que sentem em relação a Dorothea.

Com o surgimento de Jaenelle, esta apatia cessou e levou a tudo que lemos até agora.

Offline v_crazy_girl

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 393
    • Ver Perfil
Filha do Sangue
« Responder #23 em: Agosto 13, 2008, 20:15:21 pm »
Pois, baralhei.me imenso nessa última parte :?

Mas ao ver a tua opinião vejo que percebeste :wink:

Offline DawnCrusader

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 144
    • Ver Perfil
    • http://sousadigitaldesign.no.sapo.pt
Filha do Sangue
« Responder #24 em: Agosto 13, 2008, 21:08:05 pm »
Citação de: "v_crazy_girl"
Pois, baralhei.me imenso nessa última parte :?

Mas ao ver a tua opinião vejo que percebeste :wink:


Desde que a gente se entenda... :wink:

Continua a opinar, gostei de ler a avalanche de posts que fizeste de um dia para o outro, e sublinho o entusiasmo que tens em relação à obra.

Offline Queen_of_the_Darkness

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3633
    • Ver Perfil
Filha do Sangue
« Responder #25 em: Agosto 13, 2008, 21:56:25 pm »
Citação de: "DawnCrusader"

A submissão (no melhor dos casos temporária) destes deve-se mais a uma apatia perante a falta de alguém a quem servirem do que ao "medo" que sentem em relação a Dorothea.


O problema não era apenas esse, não te esqueças que eles tinham um anel de obediência, coisa que deve ser bem dolorosa, imagino.
Os machos ficavam no chão literalmente quando o anel era utilizado. Daí estarem sujeitos a obedecer a essas rainhas embora (alguns deles) tivessem jóias mais escuras que elas.

Offline DawnCrusader

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 144
    • Ver Perfil
    • http://sousadigitaldesign.no.sapo.pt
Filha do Sangue
« Responder #26 em: Agosto 13, 2008, 22:34:54 pm »
Citação de: "Queen_of_the_Darkness"
O problema não era apenas esse, não te esqueças que eles tinham um anel de obediência, coisa que deve ser bem dolorosa, imagino.
Os machos ficavam no chão literalmente quando o anel era utilizado. Daí estarem sujeitos a obedecer a essas rainhas embora (alguns deles) tivessem jóias mais escuras que elas.


Permite-me discordar, parcialmente :)

Daemon e Lucivar sempre tiveram várias oportunidades de quebrar o anel de obediência, ou simplesmente fugir caso entendessem (ao invés de devastar uma corte ou qualquer localidade).

Os machos de jóias escuras (ou muito escuras), pura e simplesmente, não podem ser dominados. Daí (em PARTE) o mútuo respeito que as Rainhas em Kaeler e os respectivos Consortes / Acompanhantes nutrem reciprocamente.

Achas deveras que alguma Rainha, ainda por cima Dorothea, de jóia Vermelha, teve algum verdadeiro controlo sobre estas personagens? :roll: Julgo inclusive que, se alguém tem medo, são as Rainhas de Terreille em relação a estes dois Príncipes dos Senhores da Guerra.

No caso dos machos de jóia mais clara, esses evidentemente, quer pela hierarquia social, quer pelo poder em bruto superior das Rainhas que servem, em Terreille não têm alternativa senão submeter-se. :?

Offline Queen_of_the_Darkness

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3633
    • Ver Perfil
Filha do Sangue
« Responder #27 em: Agosto 13, 2008, 23:21:39 pm »
Se calhar não me expliquei muito bem  :P
É claro que  elas nunca dominaram realmente o Deamon e o Lucivar, e que são elas que têm medo deles não há qualquer dúvida daí elas colocarem-lhes um anel de obdiência para os refrear um pouco.

Temos que ver que devido a esse anel existem uma especie de "paz" instável entre a "dominadora" e o "dominado" .
Ela sente-se mais segura se ele usar o anel e sente que tem algum poder sobre ele, e ele fica um pouco mais calmo por causa do anel.
Acontece que esta é uma relação tão frágil que à mais pequena coisa estilhaça-se e quem fica a perder são as "dominadoras"  :twisted:

Mas sim, tanto Deamon como Lucivar tiveram várias oportunidades de quebrar o anel de obediência e fugir...

Offline DawnCrusader

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 144
    • Ver Perfil
    • http://sousadigitaldesign.no.sapo.pt
Filha do Sangue
« Responder #28 em: Agosto 13, 2008, 23:53:38 pm »
Citação de: "Queen_of_the_Darkness"
Temos que ver que devido a esse anel existem uma especie de "paz" instável entre a "dominadora" e o "dominado" .
Ela sente-se mais segura se ele usar o anel e sente que tem algum poder sobre ele, e ele fica um pouco mais calmo por causa do anel.
Acontece que esta é uma relação tão frágil que à mais pequena coisa estilhaça-se e quem fica a perder são as "dominadoras"  :twisted:


Daquilo que leio, e assumindo que estás na linha de conversa que começou com a v_crazy_girl, presumo que estejas a salientar a importância do anel de obediência, sendo um factor de peso na submissão de Daemon e Lucivar.

Enquanto eu concordo com isso, não atribuo o mesmo peso ao anel que tu pareces dar. O anel impõe-lhes limites de comportamento porque eles o toleram. A apatia e falta de objectivos até à ascensão de Jaenelle a Rainha marcam ambos os SaDiablo.

Senão imaginemos... Daemon e Lucivar limpam Dorothea, arrasam Pruul... Isso serviria para quê? Tornarem-se ainda mais temidos pelos outros Territórios / Reinos, e possivelmente banidos dos mesmos.

Portanto, o que os segura realmente é a espera, a espera pela vinda do mito vivo. E essa espera acaba quando Daemon decide tirar Jaenelle de Chaillot, essa espera acaba quando Lucivar pensa que Jaenelle foi assassinada por Daemon.

O acabar desta espera demonstra, explicitamente, que ambos sempre tiveram o poder e determinação para abandonarem as cortes que serviam, a sociedade que viviam, até mesmo o Reino onde nasceram.

Como dizes, o anel é deveras penoso, mas ser o motivo de contenção de Daemon e Lucivar? Não me pareceu...

Isto é, obviamente, a minha interpretação, e fico contente que exponhas a tua visão e acrescentes pontos ao debate :wink:

Offline CrisCor

  • Administrator
  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1040
    • Ver Perfil
Filha do Sangue
« Responder #29 em: Agosto 14, 2008, 00:12:50 am »
Citação de: "v_crazy_girl"
Quando acabei de ler o livro estava UAU!, Anne Bishop conseguiu criar uma sociedade nova, que se prestar.mos atençao tens inspirações em temas mais escuros - inferno, demónios, maus tratos - colocado-os no seu mundo de uma forma muito singular e pessoal.


Ainda bem que gostaste.
Referes os maus tratos. Um dos temas que o livro aborda é a pedofilia e isso deixou-em um pouco incomodada. É daqueles temas sempre difíceis de encarar, mas q existem e neste caso, acho q toda a gente sabia e fechava os olhos. Que crueldade para tantas raparigas maltratadas e quebradas, desprezadas pelas famílias e, muitas vezes, assassinadas brutalmente...