Autor Tópico: Os Ossos do Arco-Íris  (Lida 7516 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline admin

  • Administrator
  • Leitor de Fim de Semana
  • *****
  • Mensagens: 96
    • Ver Perfil
    • http://www.saidadeemergencia.com
Os Ossos do Arco-Íris
« em: Março 05, 2008, 11:16:33 am »


Uma vila assombrada por um misterioso visitante, vestido de negro, que traz consigo matilhas de cães. Uma alma prisioneira num corpo imprevisto que se transforma em algo que não deveria existir. Uma criatura fantástica que descobre a sua identidade com a ajuda de um inabilitado.Associando fantasia, realismo mágico e horror, David Soares convida-nos para uma viagem que não voltaremos a esquecer.

Para ler um excerto clique aqui:

Offline emperium

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 477
    • Ver Perfil
Os Ossos do Arco-Íris
« Responder #1 em: Maio 02, 2008, 15:43:30 pm »
Comprei o livro aquando da apresentação deste e da Sombra sobre Lisboa, na Fnac Almada fórum onde estiveram presentes o David Soares e Fernando Ribeiro.
Gostei dos contos, pois alguns foram passados perto do local onde nasci e vivi até à bem pouco tempo.
Estou curioso para saber como será a literatura do David em algo maior do que pequenos contos. Ainda não surgiu oportunidade (financeira) para adquiri a nova obra dele, mas irei faze-lo na feira do livro.
Há que apoiar a Juventude nacional.

Offline Faria

  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1070
    • Ver Perfil
Os Ossos do Arco-Íris
« Responder #2 em: Julho 18, 2008, 12:53:29 pm »
ja andei a procura do livro mas sem sucesso
"E em poucas palavras Maldoror foi bom, nos seus primeiros anos, em que viveu feliz. Está dito"

Where shadows meet art:
http://coxixocorner.deviantart.com/
http://fariacorner.daportfolio.com/

Offline Ray_of_Darkness

  • Leitor compulsivo
  • ****
  • Mensagens: 537
    • Ver Perfil
    • http://madebynatercia.blogspot.com
Os Ossos do Arco-Íris
« Responder #3 em: Julho 18, 2008, 13:08:25 pm »
Citação de: "Faria"
ja andei a procura do livro mas sem sucesso

Aqui:
http://www.saidadeemergencia.com/index.php?page=Books.BookView&book_id=57&genre=

Aproveita que está a um preço muito bom e não pagas portes.  :)

Offline Magnus

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4277
  • O Senhor Luvas
    • Ver Perfil
    • O Senhor Luvas
Os Ossos do Arco-Íris
« Responder #4 em: Dezembro 06, 2008, 18:56:23 pm »
Deve ter sido um dos primeiros livros que comprei da SdE e eu adorei-o da primeira até á ultima pagina :D  :D  :D dizer mais acho que não é preciso, a não ser talvez:

 :D "O que é nacional é bom" :D
O Senhor Luvas
mais que um blog de literatura

Offline Morrighan

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 146
    • Ver Perfil
    • BranMorrighan
Re: Os Ossos do Arco-Íris
« Responder #5 em: Abril 02, 2010, 13:58:21 pm »
Adorei :)

Surpreendentemente bom.

A minha opinião no meu blog: http://branmorrighan.blogspot.com/2010/03/os-ossos-do-arco-iria-de-david-soares.html


Offline Smirlah

  • Administrator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 16630
    • Ver Perfil
Re: Os Ossos do Arco-Íris
« Responder #6 em: Agosto 21, 2010, 01:25:05 am »
Confesso, não gostei.  :( Com excepção do último que esse gostei mesmo.

Os dois primeiros contos, achei-os desnecessariamente nojentos. O primeiro mais que o segundo. No início deu-me a impressão das personagens e acções serem um bocado ao género de Alan Moore, mas esse tinha uma diferença. No seus contos, todos os pormenores participavam para um grande objectivo ou para a caracterização da personagem. Aqui não foi essa a impressão que me passou.
 
Pareceu-me que uma das razões para essa impressão foi a variação de linguagem utilizada em relação aos termos sexuais. 
A meu ver, um narrador, quando narra fá-lo de duas possíveis formas. Ou narra de uma forma impessoal ou narra deixando transparecer nessa narrativa alguma da caracterização da personagem que está a acompanhar (adopta uma linguagem, ou utiliza certas palavras, semelhante à que a personagem utilizaria). Acontece que a narrativa que me parece claramente presente é a da segunda opção. Quando estamos a acompanhar uma personagem estamos a ver as coisas um bocado do ponto de vista dela.

Creio que quando um indivíduo utiliza, por exemplo, caralho (perdoem-me a linguagem, mas visto que estou a utilizar as palavras que o autor usa não será ofensivo) para pénis não vai estar a mudar para pila e a utilizar órgãos genitais para identificar vagina, seguindo-se de cona. Estas cenas quase pareciam uma exibição de vocabulário sexual em vez da descrição de uma acção.

Da mesma forma, achei que certas cenas eram desnecessárias ou se contribuíam para a caracterização de personagens, ou desenvolvimento de acção, não estavam mal conseguidas parecendo mais que haviam sido pegadas as cenas necessárias à história e cozidas umas às outras em vez de estar de uma forma mais contextualizada.

Cheguei ao fim do primeiro conto e fiquei com a impressão de se ter pegado numa boa história e ter-se-a dado a um adolescente (com um bom conhecimento de português) que está na fase da masturbação constante em frente ao computador, ou televisão, e não pensa noutra coisa senão em sexo.  :-\

A seguir a este primeiro vim aqui ver as opiniões e segui para o segundo achando que seria muito melhor. Foi melhor mas podia ter mais.

Já segui para o terceiro à espera de algo semelhante e acabei por ficar bastante agradada. Surpreendeu-me e acabei por gostar bastante.  :D

No fim das contas fiquei um pouco desiludida pois já tinha ouvido falar bastante, e bem, do autor e esperava ser muito do meu agrado. Creio que não terá sido o melhor livro para me estrear com ele mas continuo expectante em relação aos seus romances. Quando me aparecer a oportunidade certa e a vontade para adquiri um deles não me recusarei por este livro.  :)

Offline obie

  • Aprendiz
  • *
  • Mensagens: 45
    • Ver Perfil
Re: Os Ossos do Arco-Íris
« Responder #7 em: Setembro 06, 2010, 01:53:19 am »
Eu gostei bastante dos contos, especialmente do ultimo, ja tinha ficado curioso para ler mais de David Soares, apos o Evangelho do Enforcado, e fiquei agradado por esta minha segunda incursao num dos livros dele, espero nos proximos tempos ler outra obra dele, ja que tenho ficado sempre agradado com a leitura!