Autor Tópico: A Batalha do Tridente  (Lida 7158 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Safaa_Dib

  • Administrator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 2083
    • Ver Perfil
A Batalha do Tridente
« em: Setembro 25, 2007, 14:17:21 pm »
A Batalha do Tridente é referida pela primeira vez num diálogo entre Eddard Stark e o rei Robert Baratheon, no momento em que Robert visita o túmulo de Lyanna em Winterfell.

A Batalha representou um importante ponto de viragem na política e história de Westeros e provocou o exílio da família real Targaryen, colocando no Trono de Ferro a família Baratheon.

A casa Stark está profundamente ligada a estes eventos. Rhaegar Targaryen, o princípe herdeiro rapta Lyanna Stark, uma das herdeiras de Winterfell. O seu pai e irmão mais velho, Brandon, exigem satisfações a Rei Aerys Targaryen, mas Aerys sucumbira já à sua loucura, e num acto de enorme crueldade, ludibria os pais e filhos de algumas das mais importantes casas nobres para uma armadilha e mata-os.

Na sequência destas mortes, Robert Baratheon, e também o noivo de Lyanna, alia-se a algumas famílias e casas e declara rebelião contra os Targaryen. A guerra civil começa e culmina na Batalha do Tridente.

Duas forças formidáveis digladiam-se em combate singular no rio Tridente, Rhaegar Targaryen na sua armadura negra revestida de rubis, e Robert Baratheon com o seu martelo de guerra.

Rhaegar é morto. Lyanna é encontrada à beira da morte pelo seu irmão, Eddard Stark e, antes de morrer, força-o a uma promessa que desconhecemos.

Rhaegar é o perfeito vilão. E Robert o salvador. Será?
Robert usurpou o trono que pertence por legítimo direito aos Targaryen. Nunca tivemos acesso às motivações de Rhaegar e os actos de Aerys foram movidos pela sua própria loucura.
 
Terá sido esta batalha uma luta entre o bem e o mal? O veado derrotou o dragão mas terá extinguido a sua chama?
Kill the boy, Jon Snow.  Winter is almost upon us.  Kill the boy and let the man be born. - A Dance with Dragons

Offline Moebius

  • Aprendiz
  • *
  • Mensagens: 42
    • Ver Perfil
A Batalha do Tridente
« Responder #1 em: Outubro 13, 2007, 20:55:22 pm »
Não se trata claramente de uma vitória do bem sobre o mal, pois desde o inicio se vai sabendo que foram cometidas atrocidades pelos vencedores. Para mim trata-se sim de um acontecimento inevitavel, pois após o desaparecimento dos Dragões seria uma questão de tempo até à expulsão dos Targaryen, pois eles eram , para todos os efeitos, uma força ocupante, uma casa real estrangeira.

    O facto de essa revolta só ter surgido quase 200 anos depois da mortde do ultimo dragão é algo que tanto se pode explicar pela natureza humana que nós tão bem conhecemos, como pelo facto de neste mundo, as coisas se passarem bastante mais devagar. Há entre os vencedores herois, que lutaram para que a loucura de um rei não levasse à ruina de um reino, e vilões que apenas quiseram agarrar o poder. penso que não será totaçlmente descabido afirmar que por vezes essas diferentes facetas se encontram na mesma casa nobre, ou até na mesma pessoa. Há também entre os vencidos herois, que defenderam com honra e lealdade uma ordem que era seu dever defender e também viões que abusaram do poder que lhes fora atribuido por essa mesma ordem, despoltando a revolta.
   
    Embora já seja recorrente afirma-lo, não me canso de dizer que nada nesta saga é simples, nada nela é a preto e branco

Offline Ser Land

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 5604
    • Ver Perfil
A Batalha do Tridente
« Responder #2 em: Fevereiro 27, 2009, 13:42:55 pm »
Eu não estou minimamente convencido da vilania de Rhaegar. Se a memória não me engana, somente Robert Baratheon refere Rhaegar como sendo um imprestável patife. Todos ou quase todos os outros personagens falam elogiosamente de Rhaegar. No entanto, não vou entrar em mais pormenores por não querer entrar em especulações que levam a uma teoria referida em outro lugar neste fórum.
A reler:
           
             "The Fires of Heaven" de Robert Jordan