Autor Tópico: Natal dos Tristes  (Lida 1102 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Alví Sarculho

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 320
  • I Wish I Was Special, So F*****g Special!
    • Ver Perfil
Natal dos Tristes
« em: Dezembro 16, 2010, 04:52:49 am »
           O tempo caminha a passos largos para o dia de natal, o frio já se faz habituar e tem caído geadas dissimulando a neve que não vai cair, mas não é só a neve que não vai existir naquele dia, a noite de consoada impera no imaginário como das noites mais importantes do ano, mas existe uma terra onde a noite da consoada é um acto desumano de união. Todos os anos um grupo de amigos e pessoas que não pertencem a esse grupo juntam-se num armazém para celebrar o aniversário do menino, para celebrar a generosidade do pai natal, para celebrar outra qualquer convicção ou apenas a falta de uma; naquela terra o jantar da consoada é como outro qualquer jantar, talvez a única diferença é ter um menu igual todos os anos, assim como o facto de acabado o jantar as famílias dessas pessoas efectuam a mesma rotina de todos os dias do ano, então nessa mórbida solidão esses amigos acabam por sair e andarem à deriva nas ruas tristes, acabando sempre a noite naquele armazém juntos, uns trajados com camisolas da Dolce Gabana e ténis Merrell partilhando o mesmo momento com aqueles que têm as calças rasgadas por causa dos anos de uso diário, eles também são humanos, um dia foram ensinados a partilhar, eles também tentam que aquele aniversário seja como tantos outros aniversários e muitos ou quase todos aqueles amigos acabam-se por embebedar, mas hoje têm uma boa razão para o fazer, para esquecerem a família encenada que não têm. Naquele dia, ali, todos são iguais, todos são alegremente e amarguradamente tristes. 

Offline DreamGazer

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 122
    • Ver Perfil
    • Caneta, Papel e Lápis
Re: Natal dos Tristes
« Responder #1 em: Dezembro 17, 2010, 21:22:02 pm »
Este texto deixou-me triste. (o que também é bom)
E embora tenha gostado da forma como está escrito, acho que se fosse mais detalhado e menos linear teria a ganhar.

Offline Alví Sarculho

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 320
  • I Wish I Was Special, So F*****g Special!
    • Ver Perfil
Re: Natal dos Tristes
« Responder #2 em: Dezembro 18, 2010, 03:40:56 am »
Obrigado pelo coment. Este texto teve que ser assim escrito porque é impossível detalhar a tristeza que aqueles amigos sentem, porque sabem que existem casas repletas de famílias alegres e a deles obriga-os a sair de casa para se reunirem num armazém ensaiando uma festa feliz, andam em círculos e à deriva nas ruas silenciosas, acabando sempre naquele armazém, tristes, tentando estarem alegres, solitários, mas acompanhados. 

Offline miah

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 12480
    • Ver Perfil
Re: Natal dos Tristes
« Responder #3 em: Dezembro 18, 2010, 07:22:43 am »
Gostei do teu texto Alvi. :)

É cada vez mais uma realidade pessoas que não têm uma família com quem passar o Natal, os sem-abrigo, idosos "abandonados" pelas suas famílias, estudantes que estudam fora do seu país e não podem ir a casa nesta altura, são alguns desses exemplos. Por tudo isto, penso que foi um tema interessante, que valeu a pena ser abordado.

Penso que poderias te ter extendido um pouco mais na forma como abordas o tema, como a DreamGazer mencionou mas compreendo o teu ponto de vista, existem factos que são difíceis de detalhar, pois além de ser complicado transparecer tais sentimentos, existem pequenos promenores que nos podem mencionar isso mesmo.

Offline Alví Sarculho

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 320
  • I Wish I Was Special, So F*****g Special!
    • Ver Perfil
Re: Natal dos Tristes
« Responder #4 em: Dezembro 18, 2010, 07:56:52 am »
Eu acho que, o que os revolta mais é o facto de as suas famílias os ignorarem, para eles é difícil compreenderem como é que tendo uma família ela não se comporte como tal, aquele dia de alegria passa por um dia banal, utilizam o álcool para se esquecerem da realidade!.

Offline miah

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 12480
    • Ver Perfil
Re: Natal dos Tristes
« Responder #5 em: Dezembro 18, 2010, 08:01:11 am »
Quando mencionei aqueles dois primeiros exemplos, idosos que vivem completamente isolados e sem-abrigo pensei nesse mesmo caso... Compreendo a mensagem que querias transparecer e concordo que é das coisas mais tristes que o mundo tem. É uma situação complicada todos os dias mas em epecial no Natal, em que seria suposto estar com todos os que amamos.  ;)

Offline Alví Sarculho

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 320
  • I Wish I Was Special, So F*****g Special!
    • Ver Perfil
Re: Natal dos Tristes
« Responder #6 em: Dezembro 18, 2010, 08:07:35 am »
Até esse dia é especial, vendo do prisma religioso ou não, eles têm sorte (visão muito à português) porque aqueles abandonados andam nas ruas solitárias tentando serem iguais a tantos outros, mas acabam no mesmo sítio, como tantos outros, já alguns anos, mas têm um sítio, quantas pessoas andam à deriva nesse dia sem um lugar para ficar, para ir ter, para se esquecerem do dia.

Offline miah

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 12480
    • Ver Perfil
Re: Natal dos Tristes
« Responder #7 em: Dezembro 18, 2010, 08:13:59 am »
Sim, concordo. Toda a gente precisa de se sentir amada e de um momento em que possa partilhar experiências, alegrias e companheirismo com outras pessoas. Neste caso específico não são familiares mas no fundo são pessoas muito semelhantes entre si, que possuem histórias idênticas e com o mesmo objectivo naquele noite.

Também acho que são pessoas com sorte, existem muitas pessoas, tal como mencionaste, que não têm nada, nem ninguém nesse dia.