Autor Tópico: 2011  (Lida 1345 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Alví Sarculho

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 320
  • I Wish I Was Special, So F*****g Special!
    • Ver Perfil
2011
« em: Janeiro 12, 2011, 05:20:30 am »
        O Mundo é uma imitação de si mesmo, é uma constante mutação, é um fingidor de convicções, é uma moda falsa! Somos todos! Pertencemos a ele, na sua plenitude. Podia falar especificamente, mas não para já, vou falar em casos gerais, saio numa noite para beber café e vejo sobretudo miúdas entrelaçadas em nicotina e álcool, rodeados por muitos amigos, de ambos os sexos, por vezes cometendo loucuras, por vezes esboçando somente a sua alegria estrondosa. Nada de estranhar, fim de noite, chego a casa e ligo a internet (impressionante o que lá se pode encontrar, perigoso por vezes) e encontro em páginas de redes sociais as mesmas pessoas que vi no café, talvez não sejam as mesmas pessoas, talvez sejam as verdadeiras, sem grandes euforias, com “posts” genuínos, mostrando por vezes a sua fraqueza, embora implicitamente; lanço o meu olhar pelas suas informações e constato que muitas nem referências têm à família, os seus gostos musicais passam por aquelas bandas que tentam completar a ausência, que nos tentam situar no silêncio para sobrevivermos, bandas mais conceituadas como os The Cure, Portishead, Placebo, Radiohead, Muse que agora até viraram moda, agora ouves Muse és “fixe” e já não aquele “nerd” como no tempo do Showbiz; com as confirmações/emergentes Sigur Rós, The Arcade Fire, Snow Patrol, The xx, La Roux, todos estes nomes têm se esforçado para ajudar as pessoas com lacunas, ainda bem que existem pessoas capazes de porem em palavras sentimentos tão minuciosos, de criarem ambientes melancolicamente agradáveis para a solidão.
   Há um caso que me desperta mais atenção, uma miúda jovem, bonita, atraente, simpática, inteligente, em suma, com todas as qualidades apreciáveis numa mulher; sente-se só, escreveu quase por estas palavras na sua página de uma rede social, existe nela uma espaço entre a realidade e a perfeição, chama-se amor, decerto haverá explicações e tudo pode não passar de especulações, mas a verdade é que ela tem refugiado a sua simpatia nas ríspidas palavras do Valete, cada um lida da melhor forma que consegue com as suas desilusões/preocupações, e em tantas casas existirá tantas pessoas iguais a esta singela miúda, que encanta só de olhar para o seu sorriso, mas a imagem heróica que criaram de outra pessoa não passou de um esboço falhado, só por isso não têm que fechar o seu coração aos outros, talvez nunca mais tenham dado uma oportunidade a mais ninguém de se mostrarem, os preteridos, que ainda hoje estão lá para as ajudar, nem esses tiveram essa sorte, e eles sempre estiveram lá.
   E o que vejo, até eu próprio talvez já tenha participado neste ciclo viciado, é que neste ano novo que surge, apelidado de difícil, desde a entrada do euro todos são, mas este em particular devido a factores globais, devemos enterrar guerras, abrir novos caminhos de esperança, estar unidos e pensar, assim como Eça escreveu: “Deus deu-nos o dom de o amar, não de o compreender…”, ou para quem não acredita no messias dos cristãos, que na vida nada acontece por acaso, tudo se reflecte numa introdução a algo melhor e temos a oportunidade certa no início de mais um ano seguir com a nossa vida, não de nos prendermos a um passado a que nada já interessa senão a vontade de amar que existia nessa altura. Parafraseando o malogrado actor António Feio: “Façam o favor de serem felizes!”.

Offline fausto

  • 每天都很忙。我为什么有这个忙的生活?
  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1176
  • エレベーターどエスカレーターとどちらが一番べんりですか?:D
    • Ver Perfil
Re: 2011
« Responder #1 em: Janeiro 13, 2011, 02:08:22 am »
Gostei bastante da forma como te expressaste neste texto, revela alguma maturidade literária (quem sou eu para determinar a maturidade dos outros?...). Só não gostei do facto de todo o texto estar dependente de várias referências exteriores, desde a panóplia de bandas modernas ao António Feio, e digo isto porque a qualidade com que escreveste não precisava disso.

Independentemente das minhas opiniões mais austeras, estás de parabéns. Gostei ;)
私は毎日日本語を勉強します。
今リスボン大学で日本語と中国語を勉強しています。どちらも大好きですが、とても難しいですから、がんばります!

我现在在里斯本大学学习汉语和日语。我有很多中国朋友。我爱我中国朋友!

Offline Sor Flavius

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3145
  • BAZINGA!!
    • Ver Perfil
    • http://www.myspace.com/sorflavius
Re: 2011
« Responder #2 em: Janeiro 13, 2011, 04:17:19 am »
Txi, caro amigo... O showbiz? Isso ainda era do tempo em que Muse era uma banda de música e não um franchise! ;D

Gostei bastante, crítico, acido e directo. É o que dá chegar a casa depois de uma noite de copos e ir para a net! ;D

Parabéns! ;)
Penso logo estorvo.

Offline Alví Sarculho

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 320
  • I Wish I Was Special, So F*****g Special!
    • Ver Perfil
Re: 2011
« Responder #3 em: Janeiro 13, 2011, 05:04:05 am »
Obrigado Fausto e Sor Flavius pelos comentários! Fausto eu utilizei as refências exteriores para dar mais credibilidade e para reforçar que não existe somente um caso ou dois, mas sim vários, muitas daquelas aparências são falsas porque são pessoas magoadas e incapazes de darem oportunidades a outras pessoas. Sor Flavius, os Muse fizeram o que cada vez mais as pessoas têm que fazer, venderem-se para sobreviver.

Offline Sor Flavius

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3145
  • BAZINGA!!
    • Ver Perfil
    • http://www.myspace.com/sorflavius
Re: 2011
« Responder #4 em: Janeiro 13, 2011, 05:25:05 am »
Não duvido que o tenham de fazer mas isso não implica que ache louvável.
Penso logo estorvo.

Offline Alví Sarculho

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 320
  • I Wish I Was Special, So F*****g Special!
    • Ver Perfil
Re: 2011
« Responder #5 em: Janeiro 13, 2011, 05:47:21 am »
Eu também fiquei um bocado desiludido! Nem todos podem ser uns Mão Morta que têm tentado sempre passar ao lado da fama ;)

Offline fausto

  • 每天都很忙。我为什么有这个忙的生活?
  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1176
  • エレベーターどエスカレーターとどちらが一番べんりですか?:D
    • Ver Perfil
Re: 2011
« Responder #6 em: Janeiro 13, 2011, 05:48:23 am »
Não duvido que o tenham de fazer mas isso não implica que ache louvável.

x2.
私は毎日日本語を勉強します。
今リスボン大学で日本語と中国語を勉強しています。どちらも大好きですが、とても難しいですから、がんばります!

我现在在里斯本大学学习汉语和日语。我有很多中国朋友。我爱我中国朋友!

Offline fausto

  • 每天都很忙。我为什么有这个忙的生活?
  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1176
  • エレベーターどエスカレーターとどちらが一番べんりですか?:D
    • Ver Perfil
Re: 2011
« Responder #7 em: Janeiro 13, 2011, 05:52:33 am »
Obrigado Fausto e Sor Flavius pelos comentários! Fausto eu utilizei as refências exteriores para dar mais credibilidade e para reforçar que não existe somente um caso ou dois, mas sim vários, muitas daquelas aparências são falsas porque são pessoas magoadas e incapazes de darem oportunidades a outras pessoas.

Entendo onde queres chegar. Tivesse sido eu o autor deste texto, e não o teria feito assim, mas isso já é uma liberdade a que não me posso dar ao luxo. Um autor tb deve ter a liberdade para fazer as suas escolhas, e se essa é a tua escolha cheers, my friend ;)
私は毎日日本語を勉強します。
今リスボン大学で日本語と中国語を勉強しています。どちらも大好きですが、とても難しいですから、がんばります!

我现在在里斯本大学学习汉语和日语。我有很多中国朋友。我爱我中国朋友!

Offline Sor Flavius

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3145
  • BAZINGA!!
    • Ver Perfil
    • http://www.myspace.com/sorflavius
Re: 2011
« Responder #8 em: Janeiro 13, 2011, 21:57:03 pm »
Eu também fiquei um bocado desiludido! Nem todos podem ser uns Mão Morta que têm tentado sempre passar ao lado da fama ;)

Ora aí está amigo, bela verdade.

Anyway, manda mais!! ;)
Penso logo estorvo.

Offline Alví Sarculho

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 320
  • I Wish I Was Special, So F*****g Special!
    • Ver Perfil
Re: 2011
« Responder #9 em: Janeiro 16, 2011, 08:02:32 am »
Prezo muito a vossa opinião e a de todos, mas gostava de saber a opinião do lado feminino, 2011 é uma mensagem de esperança, mas também uma verdade, gostava de saber se as meninas acham que isto é verdade, ou seja, se isto acontece mesmo, ficarem desiludidas para sempre, ou pelo menos durante muito tempo por causa do amor, seja por separação ou por falta dele; e também a opinião se acham que acontece o inverso, que também existe homens capazes de ficarem assim por uma desilusão que tiveram com uma rapariga.

Offline miah

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 12480
    • Ver Perfil
Re: 2011
« Responder #10 em: Janeiro 16, 2011, 08:47:09 am »
Também gostei do teu texto. É crítico mas fundamentalmente muito verdadeiro.

Quanto ao que perguntas no último post, bem nem todas as meninas vão concordar comigo mas sou da opinião que sim, é possível uma mulher passar por um desgosto de tal forma grande que feche essa parte da sua vida. Para se entregarem têm de confiar na outra pessoa e se tiverem tido alguém que as tenha feito sofrer de tal forma, ser-lhes-à difícil entregarem-se novamente de forma plena. Não acredito que seja um desgosto eterno mas só uma questão de tempo até encontrarem alguém que lhes mostre que vale a pena. O pior é que nem sempre é fácil esta tarefa. :P

Em relação ao inverso, acredito que possa haver rapazes a que isso aconteça mas sou da opinião,  que é mais usual no lado feminino. Não me levem a mal mas penso que é mais fácil para um homem dar a volta por cima do que uma mulher mas isto também depende de cada um, não é verdade?! Não quero que pensem que isto é feminismo mas dos rapazes que conheci, sempre tiveram uma maior capacidade de refazer as suas vidas que as raparigas.

Tal como mencionei anteriormente isto depende de cada um, existem sempre excepções mas é esta a minha opinião.

Offline Alví Sarculho

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 320
  • I Wish I Was Special, So F*****g Special!
    • Ver Perfil
Re: 2011
« Responder #11 em: Janeiro 16, 2011, 18:32:00 pm »
Obrigado Miah pelo teu contributo! Também penso que o lado feminino é o que fica mais transtornado, mas também que é o mais cego, por vezes não olham para o lado para verem que esteve sempre lá como amigo, poderia ser mais que isso.

Offline miah

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 12480
    • Ver Perfil
Re: 2011
« Responder #12 em: Janeiro 17, 2011, 04:18:46 am »
Não tens de quê. :) Tens razão naquilo que dizes, é mais fácil para nós perceber esse género de coisas nas outras raparigas, do que em nós próprias... Anos mais tarde olhamos para trás e pensamos que era tão claro mas que fomos cegas e não percebemos algo que era tão óbvio. :P

Offline Alví Sarculho

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 320
  • I Wish I Was Special, So F*****g Special!
    • Ver Perfil
Re: 2011
« Responder #13 em: Janeiro 17, 2011, 05:29:13 am »
E isso terá uma explicação? Cegueira Amorosa, não ver o óbvio!