Autor Tópico: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL  (Lida 28937 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Smirlah

  • Administrator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 16630
    • Ver Perfil
Re: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL
« Responder #165 em: Abril 23, 2012, 23:18:47 pm »
RuiRamos, compreendo que defendas a "igualdade" entre o Porto e Lisboa mas acho que que estás a ser injusto para com a editora e que não estás a ser muito razoável...

Há uns anos atrás Lisboa teve alguns adeptos e o Porto, como o Martin diz, meia dúzia de gatos pingados. Este ano, após o sucesso que série conheceu, tanto a nível literário como a nível televisivo, a editora esperou naturalmente uma maior adesão nos dois lados. No entanto, também naturalmente, esta esperou uma maior adesão em Lisboa do que no Porto.
Não me parece que a editora tenha procurado um lugar de primeira para Lisboa e um de segunda para o Porto. Simplesmente tentou procurar um lugar, em cada uma das cidades, que servisse cada uma das expectativas. Acontece que a afluência foi muito maior do que as expectativas.

Eventos deste género costumam ter, no máximo, cerca de 50 a 100 pessoas, se correrem muito bem. A SdE apostou, para Lisboa, num espaço que aguentava 400 pessoas. Ou seja, considerando o tipo de coisa, as expectativas eram bastante altas. A Safaa até referiu aqui que houve alturas em que tiveram dúvidas de conseguir encher o Villaret. Pois bem, o Villaret teve quase o dobro da lotação que aguenta.

O Porto foi um local aonde foram menos pessoas do que a Lisboa. Da mesma forma as expectativas eram mais baixas para o Porto do que eram para Lisboa (naturalmente). Acontece que, nos dois locais, o espaço não foi suficiente. Logo, não foi uma questão de se dar preferência a Lisboa ou de se tratar o Porto com menos dignidade.

Lá para o fim da noite, no Villaret, perguntei à Safaa como é que iam fazer para o Porto tendo assistido à surpresa que foi Lisboa. Ela olhou para mim meia sem saber o que responder. Era óbvio, depois de ver a afluência que Lisboa tinha tido, que o espaço no Porto não ia ser suficiente mas não havia nada que se pudesse fazer. Este foi um evento que demorou meses a planear. Não podiam fazer nada da noite para o dia.

Depois ainda temos os outros factores que a Safaa mencionou. Depois de ter visto o tamanho da equipa da SdE fiquei espantada que tivessem organizado o que organizaram, quanto mais repeti-lo logo de seguida. Mas isto está dito no post da Safaa e não vale a pena repetir.

Quanto a ficar horas numa fila à espera para receber um par de autógrafos foi aquilo por que passei em Burlington e fiquei feliz. É aquilo que mais de metade do mundo tem com o Martin e pelo qual fica feliz. Por isso acho que em comparação, poder trocar algumas palavras, dar beijinhos e tirar fotografias já é algo bastante bom.

Novamente, compreendo a tua posição e espero que a SdE consiga fazer melhor da próxima vez (que, pelo que ouvi, não será nos próximos 5 anos de certeza) mas não me parece que se possa acusar a editora de discriminar as pessoas do Porto. :)

E aproveitando a deixa... Faço a mesma recomendação que a Riona: Lê Martin! :P Acho que irias gostar do Sonho Febril. ;)
« Última modificação: Abril 23, 2012, 23:22:06 pm por Smirlah »

Offline john

  • Aprendiz
  • *
  • Mensagens: 28
    • Ver Perfil
Re: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL
« Responder #166 em: Abril 23, 2012, 23:38:44 pm »

Quanto ao nosso amigo de Odemira, facilmente compreendes que te é mais fácil chegar a Lisboa que a uma pessoa de Bragança ou Vila Real. Se essas pessoas do Norte e interior e mesmo do Centro litoral (Aveiro, Coimbra, Anadia) soubessem que o seu autor vinha ao Porto, já ponderariam seriamente fazer-se à estrada só para o poder ver. E não é difícil imaginar o choque quando percebessem que tanto esforço seria coroado com uns míseros minutos com o autor após uma fila gigantesca.

Um evento com outra dimensão traria mais vantagens para todos para os da cidade, arredores e regiões próximas. Mais público, mais livros vendidos, DVDs, novos leitores, you name it.

O ponto não é esse (até porque apesar de não ser de lá, eu vivo em Lisboa). Independentemente de ser mais fácil ou difícil a alguém da minha terra chegar a Lisboa, não é só o Norte (o grande Norte, pois não me parece que o Porto tenha propriamente razão de queixa) que costuma ser esquecido. Que diabo - a primeira vez que fui ao cinema "a sério" foi aos dezassete anos, numa visita de estudo do Secundário - justamente a Lisboa. Concertos razoáveis só há uma vez por ano, no 25 de Abril (e é uma sorte quando lá apanhamos uns Blasted Mechanism, pois por norma não apanhamos melhor que Xutos, e mesmo isso num ano bom). Autores estrangeiros em apresentações? Nem livrarias havia (e ainda não há, por acaso). Claro que isto não é problema exclusivo do Alentejo, mas de todo o interior (ainda que o Sul seja particularmente "desértico"). Para ser franco, na sessão de Lisboa nem levei um livro meu para o George R.R. Martin autografar (até porque só tenho as edições inglesas, e ainda sou um tipo civilizado), mas sim um de uma pessoa amiga, lá da aldeia, a quem seria impossível deslocar-se à capital.

Sim, poderá ter sido falta de visão da editora não ter apostado num evento maior no Porto, mas esqueces-te de duas coisas: 1) não estamos propriamente em época de correr grandes riscos e 2) o George R.R. Martin já não é propriamente jovem para estas andanças. Se considerarmos a dimensão do país, seria perfeitamente natural o autor vir apenas a um sítio, como faz sentido que tantas outras coisas aconteçam apenas num local - e, nesse sentido, goste-se ou não, Lisboa é a escolha óbvia, por questões de dimensão e de centralidade para com todo o território. Não é Bragança, ou Beja, ou Faro, ou a Guarda. Dificilmente será o Porto, até. Desta vez ele conseguiu dar um saltinho ao Norte. Não foi bom? Sim, não terá sido como Lisboa. Mas foi certamente melhor do que nada.

No resto, acho que a explicação da Safaa foi suficientemente esclarecedora (e lógica). Organizar algo como o evento de Lisboa não terá sido certamente fácil. Para a próxima - e haverá certamente uma próxima -, a coisa será mais elaborada no Porto ou arredores.

Offline ruiramos

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3637
    • Ver Perfil
Re: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL
« Responder #167 em: Abril 24, 2012, 00:54:07 am »
john, companheiro! O melhor festival de BD no país ocorre precisamente no Alentejo, em Beja, e todos os anos vou religiosamente dar um abraço aos membros da organização e participar nessa festa e matar saudades de amigos de outros cantos do país que se deslocam a essa bela cidade com o mesmo propósito.

O que defendi, não tem que ver com a típica ladainha que não há nada no Porto, vai tudo para Lisboa. Já o expliquei não vou repetir.

Sinceramente, tenho pena que nunca tenhas ido ao cinema na tua terra. Reclama mais, exige, esperneia, grita, faz por isso. Uma terra sem cinema é uma terra mais pobre. Cinema ao ar livre no verão, poderia ser um projecto interessante. Faz a proposta a quem de direito.

Amigo, encontramo-nos num fórum, onde podemos propor, sugerir, opinar. Foi o que fiz quando vi algo que poderia ser melhor.

Acreditar que apenas 50 pessoas iriam ao evento no Porto é simplesmente não conhecer a dimensão de um fenómeno e não ter confiança no trabalho de promoção que fizeram  desde a última visita do MArtin. Não estou a ser injusto. Compreendo perfeitamente a posição cautelosa da SdE. Mas as condições mudaram drasticamente. Esteve longe da primeira vez que cá veio que ninguém conhecia o homem, nem sequer havia um canal de televisão a promover o evento, nem uma série a servir de chamaris.

A sua vinda não passou despercebida ao meio cultural nacional, ultrapassou a barreira do grupo fechado do Fandom. Até a Antena2 fez uma entrevista ao Martin! Semanários como o Sábado referiram-no! Martin é um sucesso!

Ainda bem que puderam conhecê-lo pessoalmente e que a experiência tenha sido gratificante.  :) Fico feliz pelo sucesso que foi e está a ser e desejo que o homem termine a saga rapidamente, para vos libertar dessa espera interminável.  ;)

Quanto a ler Martin, o mundo não há-de acabar tão cedo, por isso, algures entre hoje e o fim, ainda hei-de ler algo mais dele, mas de qualquer forma obrigado pelas sugestões ;)
Como é que poderiam ter previsto a adesão maciça? Indagando nas redes sociais, talvez?

Offline ZmeryDwagon

  • A viver num sietch em Arrakis
  • Rato de biblioteca
  • *****
  • Mensagens: 1286
    • Ver Perfil
Re: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL
« Responder #168 em: Abril 24, 2012, 01:42:56 am »
Realmente a fila era enorme  :o

Cheguei por volta das 17e15 ou 17e30 e a fila ainda estava bem dentro da loja, fiquei perto do espaço infantil, em frente ao balcão e a 1 mesa com legos, atrás de uma rapariga com os seus 20 e tais anos de cabelo meio avermelhado, caso alguem me tenha visto lool,
quando decidi ir ao continente buscar umas aguas até fiquei parvo, e tive pena de quem estava lá trás  :P

lá pras 19e30 já tava despachado ;D

OMG, entao estarias uns 3 ou 4 lugares a minha frente ou atrás de mim...
Por acaso não eras o rapaz com a tshirt dos Targaryen, ou eras?
Última Leitura - Robin Hobb - Aprendiz de Assassino
A Ler - Robin Hobb - O Punhal do Soberano
Próxima Leitura - Raymond E. Feist - As Trevas de Sethanon


Offline Fernando Pinheiro

  • Sou um anjo-caído ou demónio se preferirem. Também sou o "sociopata" de Almada :D
  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 2498
  • Um escritor ecléctico.
    • Ver Perfil
Re: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL
« Responder #169 em: Abril 24, 2012, 03:36:20 am »
john, companheiro! O melhor festival de BD no país ocorre precisamente no Alentejo, em Beja, e todos os anos vou religiosamente dar um abraço aos membros da organização e participar nessa festa e matar saudades de amigos de outros cantos do país que se deslocam a essa bela cidade com o mesmo propósito.

O que defendi, não tem que ver com a típica ladainha que não há nada no Porto, vai tudo para Lisboa. Já o expliquei não vou repetir.

Sinceramente, tenho pena que nunca tenhas ido ao cinema na tua terra. Reclama mais, exige, esperneia, grita, faz por isso. Uma terra sem cinema é uma terra mais pobre. Cinema ao ar livre no verão, poderia ser um projecto interessante. Faz a proposta a quem de direito.

Amigo, encontramo-nos num fórum, onde podemos propor, sugerir, opinar. Foi o que fiz quando vi algo que poderia ser melhor.

Acreditar que apenas 50 pessoas iriam ao evento no Porto é simplesmente não conhecer a dimensão de um fenómeno e não ter confiança no trabalho de promoção que fizeram  desde a última visita do MArtin. Não estou a ser injusto. Compreendo perfeitamente a posição cautelosa da SdE. Mas as condições mudaram drasticamente. Esteve longe da primeira vez que cá veio que ninguém conhecia o homem, nem sequer havia um canal de televisão a promover o evento, nem uma série a servir de chamaris.

A sua vinda não passou despercebida ao meio cultural nacional, ultrapassou a barreira do grupo fechado do Fandom. Até a Antena2 fez uma entrevista ao Martin! Semanários como o Sábado referiram-no! Martin é um sucesso!

Ainda bem que puderam conhecê-lo pessoalmente e que a experiência tenha sido gratificante.  :) Fico feliz pelo sucesso que foi e está a ser e desejo que o homem termine a saga rapidamente, para vos libertar dessa espera interminável.  ;)

Quanto a ler Martin, o mundo não há-de acabar tão cedo, por isso, algures entre hoje e o fim, ainda hei-de ler algo mais dele, mas de qualquer forma obrigado pelas sugestões ;)
Como é que poderiam ter previsto a adesão maciça? Indagando nas redes sociais, talvez?

O Rui têm razão no sentido que Martin já é um sucesso nacional (e internacional).

Até já vejo crianças querem ler as Crónicas do fogo e gelo.

Katniss de Hunger Games e Ned (e Jon) das das Crónicas de fogo e gelo são os novos heróis do momento.

E já há merchandise das Crónicas de fogo e gelo.

Há bd, videojogos, livros, uma série.

Logo a SdE têm que estar há espera que apareçam milhares de fãs ao longo do tempo.

E como o Martin demora a escrever. Isto irá durar até bastante tempo.

E a série o sucesso que têm deverá ter pelo menos 10 seasons.

Martin e os hunger games já destronaram a Bella (o último filme é em 2012 e a autora só escreveu 4 livros) do Crepúsculo.

Agora é era das batalhas medievais sangrentas e de realidades distutópicas onde adolescentes lutam até há morte na ficção comercial.


A próxima vez que Martin vier ou haver algum lançamento, deverá ser num sitio, estilo Parque das Nações ou algum equivalente nas outras cidades.

Porque não iram aparecer nem 20, nem 50, nem 100.

É muito mais.

Até que falta muito pouco para a SdE deixar de ser considerada como editora pequena, e vai crescer bastante nestes anos que vêm.


O que até é bastante positivo.  ;D

Tenham cuidado é com a Leya.... ::)
Brevemente Diábolos, o Rapaz-Diabo.

Silent Hill 2 é o melhor videojogo de Fantástico.

Dentro de cada um de nós existe um animal prestes a ser despertado.

Salazarismo e Extrema-direita Sucks -.-'

Offline john

  • Aprendiz
  • *
  • Mensagens: 28
    • Ver Perfil
Re: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL
« Responder #170 em: Abril 24, 2012, 09:20:58 am »
john, companheiro! O melhor festival de BD no país ocorre precisamente no Alentejo, em Beja, e todos os anos vou religiosamente dar um abraço aos membros da organização e participar nessa festa e matar saudades de amigos de outros cantos do país que se deslocam a essa bela cidade com o mesmo propósito.

O que defendi, não tem que ver com a típica ladainha que não há nada no Porto, vai tudo para Lisboa. Já o expliquei não vou repetir.

Sinceramente, tenho pena que nunca tenhas ido ao cinema na tua terra. Reclama mais, exige, esperneia, grita, faz por isso. Uma terra sem cinema é uma terra mais pobre. Cinema ao ar livre no verão, poderia ser um projecto interessante. Faz a proposta a quem de direito.

Amigo, encontramo-nos num fórum, onde podemos propor, sugerir, opinar. Foi o que fiz quando vi algo que poderia ser melhor.

Acreditar que apenas 50 pessoas iriam ao evento no Porto é simplesmente não conhecer a dimensão de um fenómeno e não ter confiança no trabalho de promoção que fizeram  desde a última visita do MArtin. Não estou a ser injusto. Compreendo perfeitamente a posição cautelosa da SdE. Mas as condições mudaram drasticamente. Esteve longe da primeira vez que cá veio que ninguém conhecia o homem, nem sequer havia um canal de televisão a promover o evento, nem uma série a servir de chamaris.

A sua vinda não passou despercebida ao meio cultural nacional, ultrapassou a barreira do grupo fechado do Fandom. Até a Antena2 fez uma entrevista ao Martin! Semanários como o Sábado referiram-no! Martin é um sucesso!

Ainda bem que puderam conhecê-lo pessoalmente e que a experiência tenha sido gratificante.  :) Fico feliz pelo sucesso que foi e está a ser e desejo que o homem termine a saga rapidamente, para vos libertar dessa espera interminável.  ;)

Quanto a ler Martin, o mundo não há-de acabar tão cedo, por isso, algures entre hoje e o fim, ainda hei-de ler algo mais dele, mas de qualquer forma obrigado pelas sugestões ;)
Como é que poderiam ter previsto a adesão maciça? Indagando nas redes sociais, talvez?

Eu sei. O problema é que uma árvore não faz a floresta :)

Quando falava de cinema falava de cinema numa sala a sério, com boa imagem, bom som... essas coisas. Não adianta exigir cinema, quando há tantas outras necessidades mais básicas que não são satisfeitas. Transportes, por exemplo.

Mas adiante, que isto já vai off-topic. Sim, a visita do Martin foi bastante mediática (se bem que, aparentemente, o jornalismo dito "de referência" e o nosso pequeno jornalismo literário ignorou o fenómeno), mas isso é algo que acontece no momento, não antes. Um evento desta natureza começa a ser organizado com meses de antecedência - não é feito em cima do joelho na última semana (e mesmo assim muita coisa será certamente improvisada). Logo, quando se começou a perceber a dimensão da coisa, provavelmente já seria demasiado tarde para organizar algo idêntico no Norte. Falha? Eu chamar-lhe-ia antes jogar pelo seguro.

Tenho dúvidas de que as redes sociais sejam um barómetro fiável para prever a adesão a um evento.

Offline ruiramos

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3637
    • Ver Perfil
Re: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL
« Responder #171 em: Abril 24, 2012, 11:03:55 am »
Quando falava de cinema falava de cinema numa sala a sério, com boa imagem, bom som... essas coisas. Não adianta exigir cinema, quando há tantas outras necessidades mais básicas que não são satisfeitas. Transportes, por exemplo.


Tu é que sabes o que é prioritário na tua terra :)

Tenho dúvidas de que as redes sociais sejam um barómetro fiável para prever a adesão a um evento.

Não vou ser eu a ensinar as regras do jogo. A dica foi dada, o resto tem que ser um misto de engenho e imaginação. ;)

Offline RuiBaptista

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 2214
    • Ver Perfil
    • Bela Lugos is Dead
Re: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL
« Responder #172 em: Abril 24, 2012, 11:20:22 am »
Gosto muito do Geroge Martin, apesar de ainda não ter lido a “Guerra dos Tronos” – e tenho os 10 livros da SdE… – mas li o Sonho Febril e estou completamente rendido aos contos (que a SdE lançou agora). Não fui a nenhum dos eventos (Lisboa e Senhora da Hora) pois concordo com o que o Rui Ramos disse, não me pareceu que valesse a pena tamanha espera só para ter um ou dois livros autografados. Achei que seria mais correcto ceder o “meu lugar” aos fãs. Prefiro pensar que sou uma das poucas pessoas tem livros não autografados pelo autor :P

Claro que também gostava imenso de poder falar com o Martin, mas dou-me por muito contente por ter tido inúmeras oportunidade de falar com um outro autor cujo trabalho gosto muito mais, David Soares.

De resto felicito mais uma vez a SdE pela organização dos eventos, mas também os leitores/fãs que souberam comportar-se de forma civilizada.

Offline AnaA

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 68
    • Ver Perfil
    • Split Screen
Re: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL
« Responder #173 em: Abril 24, 2012, 14:23:31 pm »
Bem, falando por mim (eu sei que já venho tarde e a más horas, deixem-me)...

Eu não sou pessoa de pedir autógrafos. Aliás, os únicos livros autografados que tinha até sexta eram livros de amigos, nos quais sentia que fazia sentido ter algumas palavras deles. Não sou, decididamente, pessoa de ligar a autógrafos.

Contudo, desde que há vários meses atrás soube que o Martin vinha ao Porto decidi que ia aproveitar para ter um autógrafo dele. Acho-o um dos melhores escritores contemporâneos e achei que esta oportunidade não seria de desperdiçar para o ver. Sim, isso mesmo, só quis o autógrafo dele para poder trocar umas palavrinhas com ele. Queimem-me viva se isso faz de mim uma pessoa que se contenta com pouco.

Para mim, nascida e criada em pleno Ribatejo, ter um autor de quem gosto a vir à minha actual cidade é óptimo. Aliás, é quase mais do que conseguiria imaginar, até porque geralmente grandes autores com agenda preenchida como ele só vão a Lisboa. E porquê? Porque, infelizmente, Lisboa é o pólo da cultura no país, é onde se concentra mais gente e ainda por cima fica ali mesmo a meio do país. Quantos eventos que decorriam em cidades mais pequenas não fecharam já as suas edições por falta de comparência? O problema aqui é que as pessoas de Lisboa estão habituadas a estas mobilizações.

Por mim só tenho a agradecer a oportunidade que a SdE me deu de poder trocar umas palavrinhas com ele. E agradeço também o facto de terem um fórum onde levam na cabeça todos os dias como nunca vi outra editora levar, só porque dão prioridade à satisfação dos clientes. Mesmo que sejamos uns insatisfeitos crónicos.

ruiramos, talvez não percebas por não seres fã de Martin, mas só o facto de poder estar com ele e ter um rabisco dele no meu livro preferido já é óptimo. Ah, e claro, sem ter de pagar £20 para que isso aconteça. Preço que paguei: esperar hora e meia numa fila... até saiu baratinho.

PS: se vejo aqui mais algum "amigo" ou "companheiro" sou capaz de vomitar um bocadinho.

Offline tahra

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 6382
    • Ver Perfil
Re: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL
« Responder #174 em: Abril 24, 2012, 15:24:08 pm »
Também venho tarde e a más horas, mas enfim...

Adorei a sessão do Villaret, e junto-me nos agradecimentos à SdE por trazerem o senhor de volta :)  Foi óptimo ouvi-lo novamente, apesar das repetições de algumas questões.

Gostei de estar com o pessoal daqui, apesar de ser durante pouco tempo!

No entanto, houve na verdade um par de pontos maus... que acho que foram já referidos....

Por um lado, foi pena ser só concursos para o dia seguinte (apesar de não me interessar minimamente a exibição do ep, gostava de ter assistido às Q&A... embora na verdade não sei se daria, pois era um bocado tarde).  No entanto, mesmo que vendessem bilhetes não ia dar para toda a gente, por isso, na verdade, também não sabia como resolver isto.

Anyways, a restrição às edições acabou por ser uma palhaçada, como aliás costuma ser nestas coisas. Os idiotas que cumprem lixam-se, e o resto goza. De qualquer modo, depois de ver a RESMA de pessoal, tinha desistido... e apesar de levar o Art Book 2 na mochila, justin case, acho que não teria lata de me meter na fila sabendo que as regras eram contra. Estúpida, é o que é. Tenho de ver se supero a mania de seguir regras..

E já agora uma outra mania que tenho, que é a de chegar a horas... Ora, quem chegou a horas, sentou-se. Duh. Eu sei que a ideia partiu do próprio Martin, mas foi (IMO), mau começar pelo "comboio dos atrasados".  Como já disse, eu já tinha desistido, saí quase a correr assim que a coisa acabou... mas acho mal.

Agora, resta esperar que ele cá volte.... será?  :)
(e que acabe a saga...)

Tahra
Quanto mais conheço as pessoas, mais gosto dos cães.. e dos gatos!

Offline Safaa_Dib

  • Administrator
  • Bibliófilo
  • *****
  • Mensagens: 2083
    • Ver Perfil
Re: PROGRAMA DA TOUR GEORGE R. R. MARTIN 2012 - PORTUGAL
« Responder #175 em: Abril 24, 2012, 17:16:53 pm »


Anyways, a restrição às edições acabou por ser uma palhaçada, como aliás costuma ser nestas coisas. Os idiotas que cumprem lixam-se, e o resto goza. De qualquer modo, depois de ver a RESMA de pessoal, tinha desistido... e apesar de levar o Art Book 2 na mochila, justin case, acho que não teria lata de me meter na fila sabendo que as regras eram contra. Estúpida, é o que é. Tenho de ver se supero a mania de seguir regras..



Acredita que és muito mais respeitada neste fórum por seguir as regras do que ir contra elas.
Kill the boy, Jon Snow.  Winter is almost upon us.  Kill the boy and let the man be born. - A Dance with Dragons