Autor Tópico: 16ª Leitura Conjunta - A Saga de Alex 9 de Bruno Martins Soares - 5ª fase  (Lida 3518 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline p7

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3003
    • Ver Perfil
Ok, para dizer a verdade já acabei o livro, por isso estou a comentar esta fase assim mais de memória e de folhear o livro... espero não pôr spoilers para a última fase.

Primeiro, tenho de voltar atrás. Estava eu tão divertida na fase anterior com a maneira como o casamento da Alex e do Dael se proporcionou que nem me lembrei dum momento anterior igualmente engraçado... creio que é na terceira fase, no início do segundo livro - o casamento do Steg com a Arabel. Achei tão hilariante o Dael decidir "pronto, vão casar-se" e pumba! no dia seguinte temos casamento. Para quem se mostrou tão renitente a um casamento de conveniência, ou à ideia de casamento de todo, o Dael foi muito rápido a casar os outros. ;D

Quanto ao prelúdio... calculei que a primeira parte fosse um flashforward, e é curioso reler esta passagem depois de já saber o resultado. A parte do ovo intrigou-me, especialmente depois de falarem na "nossa menina" e em lhe chamarem Alexandra.

Achei interessante o resultado dos esforços da Kaoru e do Pierre, que no fim de tudo os levam a cerca de 100 anos antes da Alex. Creio que levam para ela uma certa coisa que o Sanjuro recebe duma princesa num prelúdio/interlúdio anterior... mas a barreira do tempo é aborrecida. Será que são eles as tais pessoas que numa fase anterior eu achava que tinham de preparar o caminho à Alex? A ligação óbvia entre as duas épocas é o misterioso sr. Iko, que não parece ter outra posição na narrativa. A ideia de separar temporalmente a Alex da Kaoru e do Pierre é muito boa, e gostei de como foi aconteceu (o "portal" em Saturno e a batalha).

Gostei da posição da Alex nesta fase, e de certo modo em todo o livro, em que assume o papel de elemento mais "forte" e cuida do Dael. Mas também gostei daquele momento mais vulnerável dela, no capítulo 77 (a partir da pág. 412), na gruta, quando o Dael lhe pergunta quem é.

Acho que foi nesta fase que comecei a perceber melhor o que eram os Irmãos da Noite de Sangue. As pessoas vindas do planeta futurista da Alex, que exibiam tecnologia avançada, e de que falei em fases anteriores, sobrepuseram-se com esta irmandade, mas o seu propósito ainda me elude. São tantos! Foge-me também um bocadinho o propósito dos Guardas Vermelhos deles, porque parecem pessoas tão poderosas que achei que não precisavam de guarda-costas.

Um aspecto que me chocou, por ter aparecido quase de surpresa, foi a morte do rei Gustave, de Remmon. Isto não está fácil para os monarcas deste mundo. Não me escapou que em teoria, o herdeiro do trono seria o Jik. :)

Offline Martin Braun

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 290
    • Ver Perfil
Re: 16ª Leitura Conjunta - A Saga de Alex 9 de Bruno Martins Soares - 5ª fase
« Responder #1 em: Novembro 05, 2012, 22:13:34 pm »
Ótima exposição, P7! Segues muito de perto as questões que eu quis colocar e isso agrada-me imenso! Na verdade, a parte do ovo é um flashback, não um flashforward, pois acontece na juventude de Sanjuro. Mas julgo que já o percebeste :-)

Também gosto da parte em que Alex se mostra um tanto vulnerável.

Quanto aos Guardas Vermelhos, suponho que os Irmãos de Sangue os têm para não se terem de chatear como muita coisa, e para se manterem seguros sem terem que mostrar a força. Não te esqueças que eles viveram muitas décadas no meio do implacável Ímpério Tshiu.
I like the Universe and the History of Mankind... I believe they join somwhere in a bellybutton.

Offline Dp_soares

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 1861
    • Ver Perfil
Re: 16ª Leitura Conjunta - A Saga de Alex 9 de Bruno Martins Soares - 5ª fase
« Responder #2 em: Novembro 06, 2012, 15:48:43 pm »
Penúltima fase. PAra mim a melhor até agora. As personagens começaram a ganhar mais "espaço" para se desenvolverem. Principalmente Alex e Dael. Começamos finalmente a ter uma maior ligação com as personagens, como pensam, o que acham um do outro. A interrogação de Dael a Alex "quem és tu?"; as respostas que deram um ao outro, são situações que podem passar despercebidas mas que na realidade (para mim) são muito importantes para cativar, ainda mais, o leitor. Eu adoro a Robin Hobb,  é brilhante neste campo de caracterização de personagens, e nesta fase da leitura eu achei semelhanças que em muito contribuiram para "entrar" ainda mais neste universo.

O Jik demonstrou maior maturidade. Os vários "confrontos" com Garic foram muito engraçados, pois o Garic acabava no fim por concordar com o jovem principe. Quando falou com o lorde Grey  :D teve a noção que tinha sido pouco simpático, e gentilmente, e sem que o Lorde desse conta, conseguiu inverter a situação elogiando o Lorde, falando do que o seu avô lhe contara. Muito esperto para a sua idade, cada vez a ganhar mais maturidade, e respeito por quem o segue.
É uma coisa fantástica, hoje em dia já não é assim. As pessoas antigamente tinham muito mais responsabilidades enquanto novas em relação a hoje. Esta parta da fantasia retrata bem isso.

Voltando um pouco atrás, o prelúdio veio cheio de novidades. O que me chamou mais a atenção foi o ovo entregue a Sanjuro (Alexandra, então a Alex nasceu de um ovo? ou é mera coincidência? Devem voltar a falar nisso mais à frente).
O recrutamento da Alex, também teve a sua parte engraçada, com o advisor a tentar fazer com que mudasse de ideias, e a Alex do género, eu sei dos perigos é isto mesmo que quero, "Sou boa no que faço..."

Não estava a gostar muito da personagem Enry. No fim provou que o seu papel também é importante para o final do livro. A parte em que convoca todos os monges com o ojectivo de parar o Duque de Boncer.

Mais uma vez Pierre e Kaoru a proporcionarem grande emoção. Na batalha em Saturno, no portal. O facto de terem chegado 100 anos antes da Alex deixa-me um pouco curioso para saber o que fizeram ou preparam para a chegada de Alex 100 anos mais tarde. Claro que o Sr. Iko está relacionado.

O final desta fase foi brutal, todos os eventos a se dirigirem para o final da história, cada vez sabemos mais e cada vez mais as personagens se interrelacionam juntando pontas soltas, revelando o que não sabiamos até então.

Antes que me esqueça, fiquei triste quando a "Enigma" explodiu. O facto de algo pequeno ter derrotar algo grande é fantástico. Quando "Phoenix" é destruida tive aquele sentimento de "toma lol mereceram"... só que depois a nave "Enigma" explode.
O Pierre disse que uma cápsula de salvamento inimiga vai de encontro à segunda Terra. Estou um pouco baralhado, em principio nessa cápsula está alguém relacionado com  Irmãos da Noite de Sangue!?

Os satélites S31 que foram lançados também não percebi para que servem. Mas ainda me falta ler a última fase.

Finalizando, esta primeira parte do 3 livro, foi a que me deu mais prazer ler, até agora. O fim está próximo e todos os mistérios serão revelados com certeza  8)



P7 se quiseres abre já o último tópico para ires discutindo o final
« Última modificação: Novembro 06, 2012, 15:52:23 pm por Dp_soares »

Offline p7

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 3003
    • Ver Perfil
Re: 16ª Leitura Conjunta - A Saga de Alex 9 de Bruno Martins Soares - 5ª fase
« Responder #3 em: Novembro 08, 2012, 00:45:23 am »
Ótima exposição, P7! Segues muito de perto as questões que eu quis colocar e isso agrada-me imenso! Na verdade, a parte do ovo é um flashback, não um flashforward, pois acontece na juventude de Sanjuro. Mas julgo que já o percebeste :-)
(...)
Acho que me expliquei mal, quando falei do flashforward estava a pensar no segmento anterior ao do ovo, aquele em que seguimos o duque-tshiu-cujo-nome-me-está-a-escapar-mas-é-o-comandante-do-exército mesmo antes da Batalha dos Portões começar. Achei curioso aquele momento, acho que humanizou o duque um bocadinho, no meu ponto de vista, ao rever aquilo que o tinha levado ali e a respirar fundo antes da batalha começar.

(...)
Quanto aos Guardas Vermelhos, suponho que os Irmãos de Sangue os têm para não se terem de chatear como muita coisa, e para se manterem seguros sem terem que mostrar a força. Não te esqueças que eles viveram muitas décadas no meio do implacável Ímpério Tshiu.
Uma coisa que achei nos Irmãos de Sangue é que eles me pareceram, como direi, "encostados à sombra da bananeira". Como se já estivessem há muito tempo à espera (o que faz sentido, tendo em conta o final) e estivessem... dormentes. Nesse contexto, suponho que faz sentido terem os Guardas Vermelhos. Acho que estava à espera que estes tivessem mais protagonismo. (Se bem que dois deles têm o seu momento no final.)

(...)
O Jik demonstrou maior maturidade. Os vários "confrontos" com Garic foram muito engraçados, pois o Garic acabava no fim por concordar com o jovem principe. Quando falou com o lorde Grey  :D teve a noção que tinha sido pouco simpático, e gentilmente, e sem que o Lorde desse conta, conseguiu inverter a situação elogiando o Lorde, falando do que o seu avô lhe contara. Muito esperto para a sua idade, cada vez a ganhar mais maturidade, e respeito por quem o segue.
É uma coisa fantástica, hoje em dia já não é assim. As pessoas antigamente tinham muito mais responsabilidades enquanto novas em relação a hoje. Esta parta da fantasia retrata bem isso.
(...)
Ah, gosto tanto do Jik. As cenas em que ele se vai revelando são tão giras. Ainda me lembro de quando ele apresentou ao Garic a Alex como "a minha guarda costas", após aquela cena tensa entre a Alex e o Garic.

(...)
P7 se quiseres abre já o último tópico para ires discutindo o final
Vou tentar abrir amanhã, entretanto vou rever a última fase. Mas se acabaste entretanto, estás à vontade para abrir o tópico. ;)

Offline Martin Braun

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 290
    • Ver Perfil
Re: 16ª Leitura Conjunta - A Saga de Alex 9 de Bruno Martins Soares - 5ª fase
« Responder #4 em: Novembro 14, 2012, 12:45:51 pm »
Ok, desculpem-me a ausência, mas tenho estado a usar todos os momentos livres para escrever de novo. Não escrevia uma linha desde Março, por isso espero que compreendam o meu entusiasmo.

Gosto bastante da entrevista de recrutamento da Alex, Dp_. É um momento em que a Alex está mesmo vulnerável, sem saber o que fazer. Acho que ela entraria em pânico se não a tivessem permitido assinar o contrato com a Takahashi. O que faria ela com a sua vida, então?

Não consegui dar mais protagonismo aos Guardas Vermelhos, P7. Simplesmente não dava em lado nenhum, teria tornado o texto ainda mais difuso. Talvez para a próxima...?

Já vos digo mais coisas na 6ªfase...
I like the Universe and the History of Mankind... I believe they join somwhere in a bellybutton.